Porto Alegre, domingo, 22 de novembro de 2020.
Dia do Músico.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 22 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Brasileiro

- Publicada em 20h41min, 22/11/2020. Atualizada em 20h42min, 22/11/2020.

Inter perde para o Flu e chega a cinco jogos sem vitória

Zaga formada por Cuesta falhou mais uma vez, comprometendo o time

Zaga formada por Cuesta falhou mais uma vez, comprometendo o time


RICARDO DUARTE/INTER/JC
Deivison Ávila
O Inter segue sem vencer no Campeonato Brasileiro. E pior, perdeu em casa ontem, de virada para o Fluminense por 2 a 1. Se não bastasse a derrota, o desempenho do time é patético. Uma defesa cheia de falhas, um meio-campo que não cria e, consequentemente, um ataque isolado. O resultado deixa a equipe na quarta colocação, com 36 pontos e chega a cinco jogos sem vencer na competição.
O Inter segue sem vencer no Campeonato Brasileiro. E pior, perdeu em casa ontem, de virada para o Fluminense por 2 a 1. Se não bastasse a derrota, o desempenho do time é patético. Uma defesa cheia de falhas, um meio-campo que não cria e, consequentemente, um ataque isolado. O resultado deixa a equipe na quarta colocação, com 36 pontos e chega a cinco jogos sem vencer na competição.
A equipe comandada por Leomir de Souza, já que Abel Braga está afastado após positivar para Covid-19, até começou bem e marcou em uma falha do goleiro Muriel. Aos 14 minutos, Maurício recebeu passe de Galhardo, invadiu a área e bateu para o gol. O goleiro do Flu espalmou e a bola caiu novamente no pé de Maurício, que soltou a bomba, para abrir o marcador.
Dois minutos depois, Dourado se chocou com Danilo Barcelos. Os dois caíram no gramado e os companheiros ficaram muito preocupados com o volante colorado, que levou a mão ao joelho direito. Após atendimento, o jogador voltou à partida. O Fluminense seguia inofensivo e o Inter sem sofrer sustos. Aos 37, chegou a marcar o segundo gol: Maurício deu uma assistência de letra para Galhardo, Danilo Barcelos tentou afastar com um chutão e a bola explodiu no atacante, que saiu na cara de Muriel e bateu no cantinho. Só que o árbitro de vídeo avisou o juiz, que anulou o gol, já que a bola bateu na mão de Galhardo.
O Flu voltou para o segundo tempo com mais posse de bola, mas sem agredir. O Inter deixava o adversário com a bola, que chegou ao gol de empate através de um gol olímpico. Aos 11 minutos, Lucca cobrou escanteio, Lomba saiu de forma bisonha, e a bola morreu no fundo das redes.
O empate mudou o cenário do jogo, que passou a ter os donos da casa com a bola nos pés e o time carioca esperando para o contra-ataque. Só que o gol da virada carioca saiu em mais uma falha da defesa colorada. Aos 35, a zaga parou e Marcos Paulo encontrou Caio Paulista, que saiu na cara de Lomba e concluiu para as redes.
Sem forças, o Inter não conseguiu sequer ameaçar o Fluminense e acabou sofrendo a segunda derrota seguida em casa. Agora, o time muda o foco para a Libertadores, já que recebe o Boca Juniors, naquarta-feira, pelo jogo de ida das quartas de final. 
Comentários CORRIGIR TEXTO