Porto Alegre, segunda-feira, 19 de outubro de 2020.
Dia do Profissional de Informática. Dia da Inovação.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 19 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Brasileiro

- Publicada em 12h40min, 19/10/2020. Atualizada em 14h44min, 19/10/2020.

Corinthians sofre maior derrota da Arena; desde 2005 alvinegros não levavam 5 gols em casa

A goleada do Flamengo por 5 a 1 sobre o Corinthians entrou para a história da Neo Química Arena. Em 210 jogos em sua arena, o time alvinegro nunca havia levado cinco gols. E, desde 2005, o Corinthians não era derrotado por um placar tão dilatado como mandante.
A goleada do Flamengo por 5 a 1 sobre o Corinthians entrou para a história da Neo Química Arena. Em 210 jogos em sua arena, o time alvinegro nunca havia levado cinco gols. E, desde 2005, o Corinthians não era derrotado por um placar tão dilatado como mandante.
A última partida em que isso aconteceu foi em 2005, diante do São Paulo, no Pacaembu, em jogo válido pelo Brasileirão. Vale lembrar, que o então treinador alvinegro, Daniel Passarela, foi demitido após o apito final. Curiosamente, o Corinthians acabou sendo campeão brasileiro naquele ano e o São Paulo foi campeão Mundial e da Libertadores.
A equipe alvinegra não perdia um jogo levando cinco gols há seis anos. Em 2014, o time foi goleado duas vezes, ambos fora de casa. A primeira foi diante do Santos, na Vila Belmiro, em partida válida pelo Paulistão. O resultado final também foi 5 a 1. A segunda aconteceu contra o Fluminense, no Maracanã, em jogo do Campeonato Brasileiro. O clube das Laranjeiras venceu por 5 a 2. Mano Menezes estava à frente do time alvinegro nas duas ocasiões.
Levando em consideração a sequência história de jogos entre Flamengo e Corinthians, essa foi a sexta vez que o clube carioca marcou cinco gols. Mas fazia tempo que isso não acontecia. Antes deste domingo, o resultado havia se repetido apenas no Brasileirão de 1994. Na ocasião, 5 a 2 para os cariocas.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO