Porto Alegre, quinta-feira, 15 de outubro de 2020.
Dia do Professor.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 15 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Brasileiro

- Publicada em 23h41min, 14/10/2020. Atualizada em 00h32min, 15/10/2020.

Inter goleia o Sport por 5 a 3 e segue na cola do Galo

Patrick marcou duas vezes no massacre colorado na Ilha do Retiro

Patrick marcou duas vezes no massacre colorado na Ilha do Retiro


RICARDO DUARTE/INTER/JC
Deivison Ávila
E o Inter segue firme nas pegadas do líder Atlético-MG. Nesta quarta-feira (14), com uma atuação de luxo, o Colorado goleou o Sport por 5 a 3, pela 16ª rodada do Brasileirão. A vitória na Ilha do Retiro deixa o time de Eduardo Coudet com os mesmos 31 pontos do Galo, perdendo no número de vitórias. Lembrando que o Inter tem um jogo a mais.
E o Inter segue firme nas pegadas do líder Atlético-MG. Nesta quarta-feira (14), com uma atuação de luxo, o Colorado goleou o Sport por 5 a 3, pela 16ª rodada do Brasileirão. A vitória na Ilha do Retiro deixa o time de Eduardo Coudet com os mesmos 31 pontos do Galo, perdendo no número de vitórias. Lembrando que o Inter tem um jogo a mais.
Coudet decidiu pela preservação do artilheiro Thiago Galhardo, deixando o atacante no banco de reservas. Com isso, a dupla de ataque colorada era totalmente castelhana com Abel Hernández e Leandro Fernández. Mesmo sem o melhor jogador, o primeiro tempo colorado poderia ter sido de luxo, se não fosse uma falha da zaga.
Aos 33 minutos, Abel Hernández tocou para Patrick, que deu dois dribles em Iago Maidana e chutou forte para vencer Luan Polli e abrir o placar. Um belo gol na Ilha do Retiro. Superior, não demorou para os visitantes ampliarem. Aos 39, Rodinei acertou um cruzamento para Abel Hernández, que desviou para o fundo das redes. A bola ainda desviou na defesa pernambucana.
Três minutos depois, na única subida do Sport ao ataque, os donos da casa descontaram. Thiago Neves cobrou falta da esquerda, Moledo e Cuesta se atrapalham, o argentino escorregou e Marquinho aproveitou para cabecear livre, para bronca geral do goleiro Lomba.
E se a bola parada castigou o Inter no finalzinho do primeiro tempo, a zaga colorada se redimiu no início segundo tempo. Aos sete minutos, Leandro Fernández cobrou falta na cabeça de Moledo, que testou firme para marcar o terceiro. Mas como o Inter de Coudet não tem tranquilidade, três minutos depois, Leandro Barcia recebeu sozinho na marca do pênalti e finalizou alto e forte para diminuir o marcador mais uma vez.
Coudet chamou Thiago Galhardo para tentar ampliar a vantagem. Só que o lado esquerdo defensivo deu alguns sustos, abrindo espaços, mas não aproveitados pelo Sport. E, aos 24 minutos, após mais de 450 dias sem atuar, Rodrigo Dourado retornou aos gramados. Ele entrou na vaga de Lindoso.
E a entrada do artilheiro do Brasileirão ajudou o Colorado a balançar as redes. Se não foi marcando, foi dando assistência. Aos 29, Edenilson cobrou escanteio, Galhardo ajeitou de cabeça e Patrick marcou o segundo dele, quarto dos visitantes.
Para completar a noite exemplar do Inter, aos 35, Edenilson avançou desde o campo de defesa, chegou na linha de fundo a rolou para Yuri Alberto marcar o quinto. Já nos acréscimos, a zaga colorada falhou na bola aérea e Mikael, em cima da linha, cabeceou para dar números finais ao duelo de oito gols. No próximo domingo, o Inter recebe o Vasco, às 18h15min, n Beira-Rio.

Escalação

Sport: Luan Polli; Patric, Iago Maidana, Adryelson e Luciano Juba; Ricardinho (Júnior Tavares) e Marcão, Marquinhos (Mikael), Thiago Neves (Jonatan Gomez) e Lucas Mugni (Ronaldo Henrique); Hernane (Leandro Barcia). Técnico: Jair Ventura.
Inter: Marcelo Lomba; Rodinei, Moledo, Cuesta e Uendel; Lindoso (Rodrigo Dourado), Marcos Guilherme, Edenilson e Patrick (Zé Gabriel); Abel Hernández (Thiago Galhardo) e Leandro Fernández (Yuri Alberto).
Técnico: Eduardo Coudet
Comentários CORRIGIR TEXTO