Porto Alegre, quarta-feira, 14 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 14 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Brasileiro

- Publicada em 20h57min, 13/10/2020. Atualizada em 14h40min, 14/10/2020.

Com Dourado no grupo, Inter visita o Sport, em Recife

Não há certeza da entrada de Dourado, mas ele está à disposição

Não há certeza da entrada de Dourado, mas ele está à disposição


/RICARDO DUARTE/INTER/DIVULGAÇÃO/JC
Deivison Ávila
Foram mais de 450 dias desde a última partida, mas finalmente Rodrigo Dourado está à disposição do técnico Eduardo Coudet. O volante entrou em campo no longínquo 10 de julho de 2019, quando o Inter perdeu por 1 a 0 para o Palmeiras, em São Paulo. Nesta quarta-feira (14), às 21h30min, ele é opção no banco de reservas para o duelo contra o Sport, na Ilha do Retiro, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.
Foram mais de 450 dias desde a última partida, mas finalmente Rodrigo Dourado está à disposição do técnico Eduardo Coudet. O volante entrou em campo no longínquo 10 de julho de 2019, quando o Inter perdeu por 1 a 0 para o Palmeiras, em São Paulo. Nesta quarta-feira (14), às 21h30min, ele é opção no banco de reservas para o duelo contra o Sport, na Ilha do Retiro, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.
Dourado passou por duas cirurgias no joelho direito desde a partida contra o Palestino, no dia 9 de abril do ano passado, pela Libertadores da América. Após uma entorse, ele foi submetido a um procedimento e retornou em junho, mas voltou a sentir o problema, que se tornou um edema ósseo. Depois de muita fisioterapia e até mesmo de um tratamento com células tronco, Dourado está à disposição.
O volante retorna no exato momento em que Musto foi diagnosticado com uma lesão no quadril. O departamento médico colorado não precisou o tempo de recuperação do argentino, que será reavaliado semana a semana.
Outra baixa significativa é a do lateral-direito Heitor. Vivendo seu melhor momento no clube, o jogador foi substituído ainda no intervalo na vitória sobre o Athletico-PR. O problema é muscular, mas não é grave e ele fica de fora por uma semana. Rodinei assume a posição.
Coudet não contará também com a experiência de D'Alessandro, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Por outro lado, Edenilson volta depois de cumprir suspensão no jogo diante do Furacão. Dessa forma, o time deve ir a campo com Marcelo Lomba; Rodinei, Zé Gabriel, Cuesta e Moisés; Lindoso, Edenilson, Praxedes e Patrick; Thiago Galhardo e Abel Hernández.
Mais alguns atletas seguem de fora por algum tipo de lesão: Boschilia, Johnny, Nonato e Peglow. A dois pontos do líder Atlético-MG, o Inter precisa pontuar no Recife para não se distanciar da ponta de cima da competição.
Comentários CORRIGIR TEXTO