Porto Alegre, quarta-feira, 07 de outubro de 2020.
Dia do Compositor.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 07 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Brasileiro

- Publicada em 21h15min, 07/10/2020. Atualizada em 21h23min, 07/10/2020.

Grêmio vence o Coritiba e inicia processo de decolagem

Luiz Fernando abriu o marcador logo aos dois minutos de partida

Luiz Fernando abriu o marcador logo aos dois minutos de partida


LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/JC
Deivison Ávila
O Grêmio parece finalmente ter iniciado o processo de decolagem prometido pelo técnico Renato Portaluppi após o empate no clássico Grenal. Nesta quarta-feira (7), o Tricolor fez um ótimo primeiro tempo, caiu de produção na etapa final, mas finalmente voltou a vencer em casa pelo Campeonato Brasileiro. Com gols de Luiz Fernando e David Braz, o Grêmio superou o Coritiba por 2 a 1 e se afastou da zona de rebaixamento. O triunfo deixou a equipe na 11ª colocação, com 17 pontos. o time volta a campo no próximo domingo, às 16h, contra o Santos, na Vila Belmiro.
O Grêmio parece finalmente ter iniciado o processo de decolagem prometido pelo técnico Renato Portaluppi após o empate no clássico Grenal. Nesta quarta-feira (7), o Tricolor fez um ótimo primeiro tempo, caiu de produção na etapa final, mas finalmente voltou a vencer em casa pelo Campeonato Brasileiro. Com gols de Luiz Fernando e David Braz, o Grêmio superou o Coritiba por 2 a 1 e se afastou da zona de rebaixamento. O triunfo deixou a equipe na 11ª colocação, com 17 pontos. o time volta a campo no próximo domingo, às 16h, contra o Santos, na Vila Belmiro.
O início de partida lembrou aquele Grêmio intenso, ligado, com marcação alta e decisivo. Prova disso que com 10 minutos de bola rolando, o Tricolor já tinha marcado duas vezes e controlava totalmente as ações. Logo aos dois minutos, Diogo Barbosa, substituto de Cortez, cruzou da esquerda e Luiz Fernando subiu mais alto e cabeceou no canto de Wilson.
E não demorou para sair o segundo. Aos 10, após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Pepê que chutou de fora da área. No rebote, David Braz, sozinho, chutou para aumentar a vantagem. O resultado adverso fez com que Jorginho mexesse na equipe ainda aos 19 minutos. A alteração acordou o Coxa. Robson fez um bonito gol, aos 32, mas o árbitro de vídeo anulou, marcando impedimento do atacante.
A etapa final começou num ritmo bem menos intenso que o início da partida. O Coxa voltou bem mais ligado e os visitantes chegaram duas vezes com perigo, uma com Neilton e outra com Giovanni Augusto. Por isso, Portaluppi promoveu três alterações simultâneas para dar um novo fôlego aos donos da casa.
Logo em seguida, Maicon, que acabara de entrar, fez um lindo lançamento para Diogo Barbosa. No meio da área, Pepê concluiu por cima, longe do gol de Wilson. Melhor, o Coxa descontou aos 26: Giovanni Augusto cobrou escanteio, Vanderlei saiu em falso, e Nathan Silva cabeceou para as redes.
O gol dos paranaenses deixou um clima tenso na Arena. Só que o Grêmio soube controlar a vantagem e não foi mais ameaçado pelos paranaenses. Nos acréscimos, Marcelo Oliveira entrou na vaga de Pepê. Foi o fim da carreira do lateral e zagueiro que não atuava desde março de 2019. Ele deixa os gramados para assumir a vaga de coordenador técnico no clube.
ESCALAÇÃO
Grêmio 2
Vanderlei; Victor Ferraz, Paulo Miranda, David Braz e Diogo Barbosa; Matheus Henrique e Lucas Silva (Guilherme Azevedo); Robinho (Maicon), Luiz Fernando (Thaciano), Pepê e Diego Souza (Isaque). Técnico: Renato Portaluppi.
Coritiba 1
Wilson; Natanael, Rodolfo Filemon (Nathan Silva), Sabino e William Matheus; Rámon Martínez (Neilton) e Hugo Moura; Matheus Sales e Guilherme Biro (Giovanni Augusto); Robson e Gabriel (Yan Sasse). Técnico: Jorginho.
Comentários CORRIGIR TEXTO