Porto Alegre, sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Dia do Trânsito.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Brasileiro

- Publicada em 20h48min, 24/09/2020.

Clima esquenta no futebol e na política do Inter

Técnico Eduardo Coudet recebeu apoio do vice de futebol

Técnico Eduardo Coudet recebeu apoio do vice de futebol


/RICARDO DUARTE/INTER/JC
Deivison Ávila
O clima no Inter não está efervescente apenas dentro das quatro linhas. Do lado de fora, na parte política, o ambiente não é dos melhores. A informação é de que o vice de futebol, Alessandro Barcelos, pode deixar o cargo para concorrer à presidência como candidato da oposição, em dezembro. Claro que esse burburinho não agradou o presidente Marcelo Medeiros. Caso Barcelos não peça para sair, Medeiros o demitirá.
O clima no Inter não está efervescente apenas dentro das quatro linhas. Do lado de fora, na parte política, o ambiente não é dos melhores. A informação é de que o vice de futebol, Alessandro Barcelos, pode deixar o cargo para concorrer à presidência como candidato da oposição, em dezembro. Claro que esse burburinho não agradou o presidente Marcelo Medeiros. Caso Barcelos não peça para sair, Medeiros o demitirá.
Se não bastasse a falta de vitórias e as atuações/escalações contestadas do time de Eduardo Coudet, a política teria entrado no vestiário colorado. Nesta quinta-feira (24), em coletiva, Barcelos falou sobre a importância de retomar os bons resultados, com a comissão que está à frente da equipe. Em relação às questões políticas, ele desconversou e afirmou que está a serviço do Inter. O curioso é que Medeiros convocou uma coletiva para a manhã desta sexta-feira (25).
O vice de futebol bancou a manutenção de Coudet e disse que é preciso retomar o trabalho que já foi feito. "Temos que entender, mais uma vez, que é possível e necessário virar essa chave, e buscarmos já no sábado (26) uma vitória, que nos manterá nas primeiras colocações do Campeonato Brasileiro", planeja.
Sobre as cobranças em relação à derrota no Grenal pela Libertadores da América, Barcelos contou que ocorreu uma reunião entre o departamento de futebol e os jogadores nesta quinta-feira. "Nos reunimos aqui no CT, eu, Rodrigo Caetano, toda a comissão técnica e os jogadores. Tratamos muito da forma que deixamos de executar algumas performances e algumas entregas", detalhou.
Neste sábado, às 19h, o Inter recebe o São Paulo. Com um jogo a mais que a maioria dos primeiros colocados, a equipe precisa vencer um adversário direito da parte de cima da tabela. Alguns atletas que ficaram de fora do Grenal devem seguir se recuperando, já que o time viaja para a Colômbia no domingo (27). Na próxima terça-feira (29), o Colorado encara o América de Cali pela Libertadores.
Comentários CORRIGIR TEXTO