Porto Alegre, quarta-feira, 16 de setembro de 2020.
Dia Internacional para a Preservação da Camada de Ozônio.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 16 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Libertadores da América

- Publicada em 21h22min, 16/09/2020. Atualizada em 21h37min, 16/09/2020.

Libertadores da América: com gol no final, Inter supera o América de Cali por 4 a 3

Em jogo de 7 gols, Abel Hernández marcou duas vezes na vitória colorada sobre os colombianos

Em jogo de 7 gols, Abel Hernández marcou duas vezes na vitória colorada sobre os colombianos


LIAMARA POLLI/AFP/JC
Deivison Ávila
Em um jogo de sete gols, o Inter começou fulminante. Largou na frente em um ótimo primeiro tempo, mas após uma etapa final cheia de erros permitiu que o América de Cali empatasse o confronto. Só que nos minutos finais, Boschilia marcou o gol da vitória, fechando a conta em 4 a 3. O triunfo mantém o time de Eduardo Coudet na liderança do Grupo E da Libertadores da América.
Em um jogo de sete gols, o Inter começou fulminante. Largou na frente em um ótimo primeiro tempo, mas após uma etapa final cheia de erros permitiu que o América de Cali empatasse o confronto. Só que nos minutos finais, Boschilia marcou o gol da vitória, fechando a conta em 4 a 3. O triunfo mantém o time de Eduardo Coudet na liderança do Grupo E da Libertadores da América.
Mal a bola começou a rolar, o Colorado já tinha aberto o placar. Na primeira subida ao ataque, Uendel cruzou da esquerda e Abel Hernández se antecipou para cabecear para o fundo das redes. Aos dez minutos, após cobrança de escanteio, Lindoso, sozinho, cabeceou por cima, perdendo a chance de ampliar.
Só que aos 18, o Inter ampliou: Thiago Galhardo tocou para Abel Hernández passar para Boschilia chutar. Cháux defendeu parcialmente e, no rebote, o próprio Boschilia marcou. Aos 27, numa bobeira da defesa colorada, Vergara recebeu na área e bateu cruzado, sem chances para Marcelo Lomba.
Superior e dono das ações, o time de Coudet chegou facilmente ao terceiro, aos 31: Nonato cobrou escanteio, Cháux saiu errado, e Lindoso cabeceou no travessão. No rebote, Abel Hernández marcou o segundo gol dele.
Os colombianos voltaram melhor para etapa final. Aos três minutos, o América descontou. Após cobrança de falta, Marlon Torres venceu Abel Hernández e cabeceou no travessão. No rebote, Adrián Ramos marcou. Na sequência, os visitantes quase empataram com Pérez, mas Lomba salvou um belo chute do atacante.
O Inter voltou a assustar na bola parada. Em falta frontal, Leandro Hernández cobrou bem, mas Cháux voou para evitar o quarto gol dos donos da casa. Porém, os colombianos já haviam dado provas que estavam melhor e, aos 32, Vergara avançou pela direita e cruzou para Moreno, em mais uma falha da defesa, bater para deixar tudo igual no Beira-Rio.
D’Alessandro foi acionado e deu uma boa movimentação. Aos 38, Fernández recebeu dentro da área, girou e chutou, mas Cháux evitou o quarto gol. A resposta do América veio no lance seguinte: Johnny falhou, Carrascal acionou Arias, que chutou para Lomba evitar a virada colombiana.
No apagar das luzes, aos 45 minutos, Boschilia recebeu na frente da área e chutou rasteiro. A bola desviou na marcação e matou Cháux, dando números finais a um jogo fácil que o próprio Inter complicou.
Ficha Técnica
Inter
Marcelo Lomba; Saravia, Moledo, Zé Gabriel e Uendel; Lindoso (D’Alessandro), Nonato (Johnny), Patrick e Boschilia (Lucas Ribeiro); Thiago Galhardo e Abel Hernández (Leandro Fernández). Técnico: Eduardo Coudet.
América de Cali
Éder Cháux; Ureña, Marlon Torres, Segovia e Velasco; Carrascal, Paz (Jaramillo), Vergara, Sierra (Arias) e Juan Perez (Moreno); Adrián Ramos. Técnico: Juan Cruz Real.
Árbitro: Facundo Tello (ARG).
Comentários CORRIGIR TEXTO