Porto Alegre, terça-feira, 15 de setembro de 2020.
Dia do Cliente.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 15 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Libertadores da América

- Publicada em 17h13min, 15/09/2020. Atualizada em 21h17min, 15/09/2020.

Libertadores retorna nesta terça-feira com Athletico-PR e Santos em campo

OS 32 clubes participantes voltam a campo nesta semana pela 3ª rodada da competição

OS 32 clubes participantes voltam a campo nesta semana pela 3ª rodada da competição


JUAN MABROMATA/AFP/JC
A espera acabou. Depois de seis meses de paralisação em decorrência da pandemia do novo coronavírus, a Copa Libertadores da América volta na noite desta terça-feira (15). Em março, quando o torneio foi interrompido, todos os 32 times já haviam jogado as duas primeiras rodadas. A partir de agora, todas as demais fases - as quatro restantes da fase de grupos e as eliminatórias - ocorrerão sem presença de público. As finais devem ocorrer apenas em janeiro de 2021.
A espera acabou. Depois de seis meses de paralisação em decorrência da pandemia do novo coronavírus, a Copa Libertadores da América volta na noite desta terça-feira (15). Em março, quando o torneio foi interrompido, todos os 32 times já haviam jogado as duas primeiras rodadas. A partir de agora, todas as demais fases - as quatro restantes da fase de grupos e as eliminatórias - ocorrerão sem presença de público. As finais devem ocorrer apenas em janeiro de 2021.
Entram em campo nesta terça-feira dois dos sete clubes brasileiros que participam do torneio. Pelo Grupo C, o Athletico-PR, com três pontos, pega o Jorge Wilstermann, às 19h15min, no estádio Félix Capriles, em Cochabamba (Bolívia). O Santos, que lidera o Grupo G, com seis pontos, recebe o Olímpia, do Paraguai, na Vila Belmiro, às 21h30min.
A Libertadores retorna com mudanças também nas regras da competição. No último domingo (13), o Conselho da Conmebol ampliou o número de jogadores que poderia ser inscrito por cada equipe participante. As listas, cujo limite anterior era de até 40 nomes, foram ampliadas para 50. Outra alteração foi a permissão de que os atletas possam atuar por até três três clubes na mesma edição da Libertadores. Anteriormente, o limite era de dois times.

Furacão volta à disputa com novo comandante

A última partida do Athletico-PR na Libertadores foi em 11 de março. Na ocasião, os brasileiros perderam para o Colo-Colo por 1 a 0, no Chile. O treinador era Dorival Júnior, que foi demitido em agosto, depois de quatro derrotas seguidas na Série A. Hoje (15), quem comanda a equipe é Eduardo Barros.
Atual campeã estadual, a equipe da Arena da Baixada apresentou na quinta-feira passada (10) a nova lista de inscritos com várias novidades: o goleiro Anderson, os zagueiros Felipe Aguilar e Pedro Henrique, os volantes Jaime Alvarado e Richard, os meias Bruno Leite e Ravanelli e os atacantes Fabinho, Geuvânio e Walter. Entre os desfalques para a partida de hoje (15) estão o zagueiro Thiago Heleno, o volante Léo Citadini, o atacante Nikão devem ser desfalques.
A provável escalação do Furacão deve ser com Santos; Jonathan, Felipe Aguilar, Pedro Henrique e Márcio Azevedo; Wellington; Erick, Christian, Geuvânio e Fabinho; Guilherme Bissoli.

Com Marinho em ótima fase, Santos encara o Olímpia-PAR na Vila

Muita coisa mudou desde o dia 10 de março, quando o Santos ganhou do Delfín, do Equador, por 1 a 0, na Vila Belmiro, e atingiu a liderança do Grupo G, com seis pontos. Do time que entrou em campo naquele dia, apenas cinco atletas começaram o clássico de sábado (12) contra o São Paulo: Lucas Veríssimo, Luan Peres, Diego Pituca, Carlos Sánchez e Soteldo.
No banco de reservas, o comandante era o português Jesualdo Ferreira. Agora, no lugar dele, está Cuca. A equipe voltou a jogar no dia 22 de julho, quando empatou com o Santo André. No Estadual, o Peixe acabou sendo eliminado nas quartas de final pela Ponte Preta.
Na nova lista de inscritos na Libertadores, são seis novidades: os zagueiros Alex e Wagner Leonardo, os meias Anderson Ceará, Gabriel Pirani e Lucas Lourenço e o atacante Lucas Braga.
O Cuca deve mandar a campo logo mais João Paulo; Madson, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Carlos Sánchez; Marinho, Lucas Braga e Soteldo.
Comentários CORRIGIR TEXTO