Porto Alegre, domingo, 13 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 13 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Brasileiro

- Publicada em 20h15min, 13/09/2020.

Com um homem a mais, Inter perde para o Goiás no Campeonato Brasileiro

Abel Hernández perdeu uma das chances mais claras para marcar para o Colorado

Abel Hernández perdeu uma das chances mais claras para marcar para o Colorado


RICARDO DUARTE/INTER/JC
Deivison Ávila
Um time que quer ser campeão não pode desperdiçar pontos diante de uma equipe limitada como o Goiás. No enfrentamento entre o líder e o lanterna do Campeonato Brasileiro, melhor para o último colocado. Mesmo com um homem a mais desde os dois minutos de jogo, o Inter conseguiu perder por 1 a 0, neste domingo (13), no Estádio da Serrinha. A sorte do time de Eduardo Coudet que a maioria das equipes da ponta de cima da tabela também tropeçaram na 10ª rodada e o Inter manteve a liderança.
Um time que quer ser campeão não pode desperdiçar pontos diante de uma equipe limitada como o Goiás. No enfrentamento entre o líder e o lanterna do Campeonato Brasileiro, melhor para o último colocado. Mesmo com um homem a mais desde os dois minutos de jogo, o Inter conseguiu perder por 1 a 0, neste domingo (13), no Estádio da Serrinha. A sorte do time de Eduardo Coudet que a maioria das equipes da ponta de cima da tabela também tropeçaram na 10ª rodada e o Inter manteve a liderança.
O Colorado teve a vida mais facilitada aos dois minutos de bola rolando. Jefferson deu uma entrada duríssima em Marcos Guilherme, tirando o atacante da partida. O VAR chamou o árbitro, que havia dado apenas cartão amarelo para o lateral do Goiás. Depois de rever o lance, o juiz expulsou o jogador.
Com mais posse de bola e amplo controle da partida, o Inter trocou passes no campo de ataque, mas não conseguiu ameaçar o adversário. A única chance de abrir o placar ocorreu aos 35 minutos. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Abel Hernández, mas o uruguaio concluiu fraco nas mãos de Tadeu.
E para piorar o cenário, aos 43, na única subida ao ataque da primeira etapa, o time esmeraldino abriu o marcador: Daniel Bessa cobrou falta e a bola sobrou para Vinícius Lopes chutar no cantinho esquerdo. Lomba falhou e a bola entrou lentamente.
Coudet iniciou o segundo tempo com Thiago Galhardo, que estava sendo poupado. Só que o cenário pouco mudou. O Inter seguiu lento, trocando passes, sem agredir o Goiás. A primeira chance para buscar a igualdade saiu apenas aos 17 minutos: D'Alessandro cruzou e Pedro Henrique cabeceou com estilo. Tadeu fez grande defesa.
Aos 24, Rodinei cruzou da direita e Abel Hernández perdeu uma chance clara, dentro da pequena área. Nos minutos finais, Tadeu ainda salvou em cima da linha, após bate-rebate na pequena área. O time de Coudet teve 80% de posse de bola e quase 60 bolas levantadas na área sem nenhum sucesso. Na quarta-feira (16), o Colorado troca de competição e retoma os jogos pela Libertadores da América. Em casa, o adversário será os colombianos do América de Cali.
FICHA TÉCNICA
 
Goiás 1
Tadeu; Edilson, David Duarte, Fábio Sanches e Jefferson; Sandro, Breno (Ratinho) e Daniel Bessa; Keko (Caju), Rafael Moura e Vinicius Lopes. Técnico: Thiago Larghi.
Inter 0
Marcelo Lomba; Rodinei (Rodrigo Moledo), Pedro Henrique (Lindoso), Victor Cuesta e Moisés; Musto; Edenilson, Praxedes (Thiago Galhardo) e Marcos Guilherme (Boschilia); D’Alessandro (Leandro Fernández) e Abel Hernández. Técnico: Eduardo Coudet.
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP).
Comentários CORRIGIR TEXTO