Porto Alegre, sexta-feira, 28 de agosto de 2020.
Dia Nacional do Bancário.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 28 de agosto de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Brasileiro

- Publicada em 21h27min, 27/08/2020.

Contra o Botafogo, Inter tenta manter a liderança no Campeonato Brasileiro

Atacante Yuri Alberto sofreu uma lesão extensa na coxa e para por seis semanas

Atacante Yuri Alberto sofreu uma lesão extensa na coxa e para por seis semanas


/RICARDO DUARTE/INTER/DIVULGAÇÃO/JC
Deivison Ávila
Perto de anunciar um atacante para o técnico Eduardo Coudet, o Inter volta a campo neste sábado (29), às 17h, diante do Botafogo, no Rio de Janeiro, pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para se manter na liderança, o treinador argentino deve repetir o mesmo time que venceu o Atlético-MG, na última rodada.
Perto de anunciar um atacante para o técnico Eduardo Coudet, o Inter volta a campo neste sábado (29), às 17h, diante do Botafogo, no Rio de Janeiro, pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para se manter na liderança, o treinador argentino deve repetir o mesmo time que venceu o Atlético-MG, na última rodada.
A provável escalação para encarar os cariocas no Engenhão tem Marcelo Lomba; Saravia, Zé Gabriel, Víctor Cuesta e Moisés; Lindoso, Edenílson, Boschilia e Patrick; Marcos Guilherme e Thiago Galhardo. O jovem Peglow, cotado para entrar na equipe, testou positivo para Covid-19 e está afastado do grupo. Assim como ele, o zagueiro Lucas Ribeiro também está com coronavírus. Ambos estão assintomáticos.
A notícia triste no grupo do Inter é a baixa de Yuri Alberto. Nesta quinta-feira (27), o departamento médico informou que o atleta sofreu uma lesão extensa na coxa esquerda. O atacante ficará fora de combate pelo menos até outubro.
Enquanto isso, a direção encaminha a chegada do atacante Abel Hernández. Livre no mercado desde que rescindiu o contrato com os árabes do Al-Ahli, o uruguaio deve assinar com o Colorado por duas temporadas. Como a janela de transferências para o exterior está fechada, a diretoria tinha penas o mercado nacional e atletas sem vínculo.
Para o meia Edenilson, o Colorado passou a ser o alvo das outras equipes, desde que assumiu a ponta. O camisa 8 que a falta do torcedor nos estádios deixou a competição ainda mais equilibrada. “Não ter torcida nivelou ainda mais as partidas e as equipes. É normal você sempre querer vencer quem está na parte de cima. Como estamos em primeiro, é normal que todos queiram jogar bem e nos vencer”, projetou.
Comentários CORRIGIR TEXTO