Porto Alegre, quarta-feira, 26 de agosto de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 26 de agosto de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Gaúcho

- Publicada em 23h46min, 26/08/2020.

Grêmio vence o Caxias e encaminha o tricampeonato

Pepê comemora com os companheiros o primeiro gol marcado na Serra

Pepê comemora com os companheiros o primeiro gol marcado na Serra


LUCAS UEBEL /GRÊMIO FBPA/JC
Deivison Ávila
O Grêmio praticamente encaminhou a conquista do seu terceiro tricampeonato Gaúcho na história. Nesta quarta-feira (26), o Tricolor confirmou o favoritismo e não deu margem para que o Caxias estragasse os planos para que o time de Renato Portaluppi levante mais uma taça. A partida de volta será no próximo domingo, às 16h, na Arena, quando o Grêmio deve confirmar o 39º título do Gauchão. Em ano de pandemia do novo coronavírus, o Estadual é o único título em disputa em 2020.
O Grêmio praticamente encaminhou a conquista do seu terceiro tricampeonato Gaúcho na história. Nesta quarta-feira (26), o Tricolor confirmou o favoritismo e não deu margem para que o Caxias estragasse os planos para que o time de Renato Portaluppi levante mais uma taça. A partida de volta será no próximo domingo, às 16h, na Arena, quando o Grêmio deve confirmar o 39º título do Gauchão. Em ano de pandemia do novo coronavírus, o Estadual é o único título em disputa em 2020.
Mesmo com o jogo sendo na Serra, o Tricolor deixou a partida ao seu jeito muito cedo. Logo aos sete minutos, Isaque chamou a marcação para fora da área e deu uma linda enfiada para Pepê. O atacante saiu na cara de Pitol e deu um toquinho na saída do goleiro do Caxias para abrir o marcador. Foi o quarto gol de Pepê na temporada.
Os visitantes controlavam bem a partida, mas os anfitriões quase empataram o confronto aos 19 minutos. Diogo Oliveira tocou para Ivan, que se livrou da marcação e chutou colocado. Atento e preciso, Vanderlei voou para salvar o Grêmio. O Caxias até tentou se aproximar ainda mais da área gremista, mas o Tricolor controlou o meio-campo e soube coibir o ímpeto dos comandados de Rafael Lacerda.
O segundo tempo começou bem menos interessante do que os 45 minutos iniciais. Talvez o retardamento no reinício da partida por falta de energia em duas torres de refletores tenha esfriado os times. Para piorar, aos quatro minutos, Pepê deixou o campo com um problema muscular, preocupando a torcida e a comissão técnica. A partida só foi dar uma animada aos 14 minutos, quando Ivan, de falta, deixou tudo igual no Centenário. Só que após o árbitro de vídeo ser acionado, Jean Pierre Lima anulou o lance.
Em um dos primeiros momentos iluminados do Grêmio no segundo tempo, aos 32, após cobrança de escanteio de Jean Pyerre, a zaga do Caxias afastou, mas a bola se apresentou para Everton. Ele acertou um chute de rara beleza, marcando o segundo gol gremista na Serra. A bola ainda bateu na trave antes de entrar. Os minutos restantes foram de um Grêmio controlando o resultado e um Caxias desesperado para descontar. Mas nãda mais foi alterado. 

Escalação

Caxias
Marcelo Pitol; Ivan, Laercio, Thiago Sales e Bruno Ré (Eduardo Diniz); Juliano e Carlos Alberto; Vinícius Baiano (Willian), Diogo Oliveira e Juninho Potiguar (Marcelo Campanholo); Bruninho. Técnico: Rafael Lacerda.
Grêmio
Vanderlei; Victor Ferraz, Geromel, David Braz e Cortez; Maicon (Lucas Silva) e Matheus Henrique, Alisson (Robinho), Jean Pyerre (Paulo Miranda) e Pepê; Isaque (Thiago Neves). Técnico: Renato Portaluppi.
Árbitro: Jean Pierre Lima.
Comentários CORRIGIR TEXTO