Porto Alegre, sexta-feira, 14 de agosto de 2020.
Dia do Controle de Poluição Industrial.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 14 de agosto de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Brasileiro

- Publicada em 21h31min, 13/08/2020. Atualizada em 18h52min, 14/08/2020.

Inter vence o Santos por 2 a 0 e assume a vice-liderança

Guerrero foi o autor do segundo gol na vitória colorada sobre o Peixe

Guerrero foi o autor do segundo gol na vitória colorada sobre o Peixe


RICARDO DUARTE/INTER/DIVULGAÇÃO/JC
Deivison Ávila
A noite de quinta-feira foi de uma atuação de luxo do Inter. Sem sofrer sustos, os comandados de Eduardo Coudet mostraram a tão falada intensidade do treinador argentino, buscaram o gol o tempo todo e venceram o Santos por 2 a 0, pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro. O triunfo dos gaúchos mantém os 100% de aproveitamento, deixando o Colorado na vice-liderança da competição.
A noite de quinta-feira foi de uma atuação de luxo do Inter. Sem sofrer sustos, os comandados de Eduardo Coudet mostraram a tão falada intensidade do treinador argentino, buscaram o gol o tempo todo e venceram o Santos por 2 a 0, pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro. O triunfo dos gaúchos mantém os 100% de aproveitamento, deixando o Colorado na vice-liderança da competição.
A grande novidade no time que o técnico Eduardo Coudet mandou a campo foi a presença de Edenilson, recuperado de uma entorse no tornozelo direito. Com o isso, o Colorado iniciou a partida com Lindoso, Edenilson, Boschilia e Patrick no meio-campo. Superior os 45 minutos iniciais, só faltou o gol para os donos da casa.
Na melhor chance, aos 14 minutos, Patrick fez boa jogada pela esquerda e cruzou para o meio da pequena área. A bola passou por Vladimir, por Guerrero, e Thiago Galhardo, já sem goleiro, chutou para fora. Aos 25, foi a vez de Lindoso finalizar com força, de primeira, mas Vladimir, atento, fez boa defesa para evitar o primeiro gol colorado.
À vontade pelas laterais, o time de Coudet subia com facilidade, mas faltou qualidade para o ataque definir. Nos minutos finais, o Peixe quase marcou na única chegada efetiva dos visitantes. Marinho cobrou falta na área, e Kaio Jorge desviou com muito perigo, assustando o goleiro Marcelo Lomba.
O segundo tempo começou com o Peixe no ataque. Aos sete minutos, Jobson lançou Taílson, mas Lomba saiu do gol e afastou. Só que na sobra, Marinho finalizou e Lomba, mais uma vez, desviou para escanteio. Só que depois disso só deu Inter. Aos 11, Thiago Galhardo tira bola de Felipe Jonatan na linha de fundo e toca Saravia cruzar, na medida, na cabeça de Guerrero, que abriu o marcador.
Na sequência, o Colorado perdeu três chances claras para ampliar o placar: Edenilson, Thiago Galhardo e Guerrero ficaram no quase. Aos 21, Kaio Jorge marcou para o Santos, após uma falha da zaga do Inter. No entanto, ele usou o braço direito e o gol foi anulado.
À frente do placar, os donos da casa controlavam a vantagem, mas ainda encontraram tempo para marcar mais um e definir a vitória. Aos 42, Edenilson tabelou com Guerrero, que devolveu de calcanhar, e deixou o camisa 8 na cara do gol. Na saída de Vladimir, ele deu um toquezinho e encobriu o goleiro santista. O Inter volta a campo no domingo, quando enfrentará o Fluminense, às 18h, no Maracanã.

Escalação

Inter
Marcelo Lomba; Saravia, Bruno Fuchs, Cuesta e Moisés; Lindoso; Boschilia (Marcos Guilherme), Edenilson (D’Alessandro) e Patrick; Thiago Galhardo (Musto) e Guerrero. Técnico: Eduardo Coudet.
Santos 
Vladimir; Luiz Felipe (Kaio Jorge), Lucas Veríssimo e Luan Peres; Pará, Alison (Ivonei), Carlos Sánchez (Jobson), Diego Pituca (Tailson) e Felipe Jonatan (Madson); Marinho e Soteldo. Técnico: Cuca.
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ).
Comentários CORRIGIR TEXTO