Porto Alegre, quinta-feira, 30 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 30 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Gaúcho

- Publicada em 20h12min, 29/07/2020. Atualizada em 16h56min, 29/07/2020.

Grêmio e Novo Hamburgo empatam e voltam a se encontrar na semifinal do Gauchão

Lucas Silva teve nova oportunidade de sair jogando, mas foi discreto

Lucas Silva teve nova oportunidade de sair jogando, mas foi discreto


LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/DIVULGAÇÃO/JC
Juliano Tatsch
A baixa qualidade dos gramados tem sido a tônica do Campeonato Gaúcho após a retomada da competição. O campo da Arena Alviazul, em Lajeado, não possibilitava aos atletas de Novo Hamburgo e Grêmio a apresentação de um grande espetáculo na tarde desta quarta-feira (29). Somado a isso o fato de o técnico Renato Portaluppi ter escalado uma equipe completamente reserva e a fragilidade técnica da equipe do Vale do Sinos, o que se viu foi uma partida fraca. Ao fim, o empate em 0 a 0, em conjunto com os outros resultados da rodada, acabou definindo uma repetição do confronto entre tricolores e anilados na semifinal do segundo turno do Gauchão, em partida a ser disputada no final de semana.
A baixa qualidade dos gramados tem sido a tônica do Campeonato Gaúcho após a retomada da competição. O campo da Arena Alviazul, em Lajeado, não possibilitava aos atletas de Novo Hamburgo e Grêmio a apresentação de um grande espetáculo na tarde desta quarta-feira (29). Somado a isso o fato de o técnico Renato Portaluppi ter escalado uma equipe completamente reserva e a fragilidade técnica da equipe do Vale do Sinos, o que se viu foi uma partida fraca. Ao fim, o empate em 0 a 0, em conjunto com os outros resultados da rodada, acabou definindo uma repetição do confronto entre tricolores e anilados na semifinal do segundo turno do Gauchão, em partida a ser disputada no final de semana.
O Tricolor dominou as ações durante praticamente todo o primeiro tempo. Com destacada presença do garoto Guilherme Guedes na lateral-esquerda, a equipe da Capital forçou as tentativas de ataque pelo lado esquerdo, apostando nas combinações com Pepê. Com atuações abaixo de Patrick e Luciano, o Grêmio foi deficiente na criação e teve dificuldades para finalizar ao gol.
Já o Noia optou por esperar o adversário e apostar nos contra-ataques, coisa que não conseguiu fazer. A partir dos 35 minutos da etapa inicial, a virada do Juventude sobre o Esportivo, no Alfredo Jaconi, tirava a vaga nas semifinais do anilado. Com isso, o Novo Hamburgo tentou ganhar mais espaço, avançou suas linhas, e ocupou mais o campo defensivo gremista, sem criar oportunidades de gol, no entanto.
O jogo melhorou muito no segundo tempo. Menos pelo Novo Hamburgo que, mesmo necessitando da vitória para avançar no campeonato, e mais pelo Grêmio, que passou a marcar no campo adversário e pressionar pela marcação do gol. A chance mais clara veio aos 23 minutos, quando Pepê tirou do goleiro pela esquerda da área e tocou no meio para Luciano, com o gol vazio, chutar para fora.
Ao fim, a virada do Esportivo sobre o Juventude para 3 a 2 acabou por dar a vaga para o Noia, mesmo com o empate frente aos reservas gremistas. Ambos, Grêmio e Novo Hamburgo voltam a se encontrar na semifinal do segundo turno, com mando de campo do Tricolor.
Novo Hamburgo 0 x 0 Grêmio
Jacsson; Gian Costa, Moisés, Diego Ivo (Kesley) e Zé Mário; Chicão, Bertotto, Matheus Lagoa e Mossoró; Kayron e Juba. Técnico: Márcio Nunes.
Paulo Victor; Orejuela, Paulo Miranda (Rodrigues), David Braz e Guilherme Guedes; Lucas Silva, Darlan, Thaciano (Isaque), Patrick (Rildo) e Pepê; Luciano. Técnico: Renato Portaluppi.
Árbitro: Jean Pierre Lima.
Comentários CORRIGIR TEXTO