Porto Alegre, quarta-feira, 22 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 22 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Gaúcho

- Publicada em 20h57min, 21/07/2020. Atualizada em 10h02min, 22/07/2020.

Inter e Grêmio voltam a campo no 'Grenal da Pandemia'

Com número limitado de jogadores, o papel de Eduardo Coudet e de Renato Portaluppi será ainda mais importante

Com número limitado de jogadores, o papel de Eduardo Coudet e de Renato Portaluppi será ainda mais importante


/RICARDO DUAR/INTER/JC e LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/JC
Deivison Ávila
Ao que tudo indica, o Campeonato Gaúcho recomeça nesta quarta-feira (22). A partida de abertura da 4ª rodada do segundo turno será à tarde, às 15h, na Arena Alviazul, em Lajeado, entre Ypiranga e Esportivo. À noite, Inter e Grêmio se enfrentam em um Grenal de excepcionalidades. A partir das 21h30min, a dupla entra em campo no Estádio Centenário, em Caxias do Sul. Além do tradicional mistério que cerca um clássico, o Grenal 425 tem um ingrediente a mais: a parte médica.
Ao que tudo indica, o Campeonato Gaúcho recomeça nesta quarta-feira (22). A partida de abertura da 4ª rodada do segundo turno será à tarde, às 15h, na Arena Alviazul, em Lajeado, entre Ypiranga e Esportivo. À noite, Inter e Grêmio se enfrentam em um Grenal de excepcionalidades. A partir das 21h30min, a dupla entra em campo no Estádio Centenário, em Caxias do Sul. Além do tradicional mistério que cerca um clássico, o Grenal 425 tem um ingrediente a mais: a parte médica.
Em meio à pandemia, um jogador do Inter e outro do Grêmio testaram positivo para a Covid-19 às vésperas da partida. Os departamentos médicos não confirmaram os nomes, mas eles foram afastados e deram início ao período de quarentena. Ambas as equipes se deslocaram para a Serra à tarde, depois dos treinamentos.
Após 80 dias de treinos, predominantemente físicos, os técnicos Eduardo Coudet e Renato Portaluppi são obrigados a realizar algumas mudanças na escalação devido às ausências por problemas médicos. Um dos protocolos adotados para o retorno do Gauchão é limitar o número de jogadores que viajam a 17. Além dos 11 titulares, os treinadores terão seis opções no banco de reservas. Devido à pandemia, a Fifa autorizou que os times possam realizar cinco alterações ao longo dos jogos, podendo ser feitas em três momentos.
Mesmo sem confirmar nomes, uma das ausências especuladas no Colorado é o zagueiro Bruno Fuchs. Ele deve ser substituído por Rodrigo Moledo. Outra baixa no lado vermelho é Thiago Galhardo, dando lugar ao meia D'Alessandro. A provável escalação para o retorno do Inter deve ter Marcelo Lomba; Saravia, Cuesta, Moledo e Moisés; Musto, Edenilson, Boschilla, D'Ale e Marcos Guilherme; Guerrero.
Com o Grêmio não é diferente. Com um caso confirmado na segunda-feira, Portaluppi será obrigado a adequar a escalação que vinha mandando a campo antes da paralisação por conta do coronavírus. O grupo que viajou ontem para Caxias do Sul não contou com Cortez, novo titular da lateral-esquerda, com a volta de Caio Henrique para a Espanha. Outras três ausências são o zagueiro David Braz, o volante Lucas Silva e o meia Thiago Neves. A partir do grupo à disposição, o Tricolor pode ter Vanderlei; Victor Ferraz, Geromel, Kannemann e Guilherme Guedes; Matheus Henrique, Maicon, Alisson, Jean Pyere e Everton; Diego Souza.

Daniel Bins estreia no apito em clássicos Grenais

O juiz do Grenal 425 também será uma novidade. O árbitro Daniel Nobre Bins fará sua estreia no maior clássico do Estado. Aos 42 anos, ele foi escolhido de forma direta pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF), deixando de lado o tradicional sorteio promovido pela entidade. A mudança de formato se deve à pandemia da Covid-19 e à realização da testagem em todas as equipes de arbitragem. Bins será auxiliado por Rafael Alves e Maurício Penna, além do quarto árbitro Anderson Farias.

O duelo entre Inter e Grêmio não contará com árbitro de vídeo. Para evitar uma maior aglomeração, a FGF decidiu não escalar uma equipe de VAR, tornando o comando de Bins ainda mais importante. Lembrando que a última partida envolvendo a dupla foi o Grenal válido pela Libertadores da América, o primeiro da história. Naquela oportunidade, a partida acabou com oito expulsões e uma briga generalizada.

Comentários CORRIGIR TEXTO