Porto Alegre, sábado, 18 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 18 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Gaúcho

- Publicada em 20h47min, 12/07/2020. Alterada em 10h53min, 13/07/2020.

A 10 dias do retorno do Gauchão, clubes fazem últimos ajustes

Caso o Caxias repita a ótima primeira fase e fature o returno, fica com o título

Caso o Caxias repita a ótima primeira fase e fature o returno, fica com o título


Luiz Erbes/SER Caxias/JC
Deivison Ávila
Serão mais de 120 dias sem a bola rolar no Rio Grande do Sul. Em meio à pandemia do novo coronavírus, a Federação Gaúcha de Futebol e o governo do Estado chegaram a um consenso, e o Campeonato Gaúcho irá voltar no próximo dia 23, uma quinta-feira, com a possibilidade de o clássico Grenal ser antecipado para o dia 22, e ter transmissão ao vivo pela tevê aberta. Caso o Caxias repita a ótima primeira fase e fature o returno, fica com o título. Cabe a dupla Grenal brigar para evitar que o time da Serra vença o Gauchão 2020. Ainda restam três rodadas para fechar o segundo turno. A tabela atualizada será anunciada ao longo desta semana. E como estão os 12 clubes a 10 dias de a competição ser retomada?
Serão mais de 120 dias sem a bola rolar no Rio Grande do Sul. Em meio à pandemia do novo coronavírus, a Federação Gaúcha de Futebol e o governo do Estado chegaram a um consenso, e o Campeonato Gaúcho irá voltar no próximo dia 23, uma quinta-feira, com a possibilidade de o clássico Grenal ser antecipado para o dia 22, e ter transmissão ao vivo pela tevê aberta. Caso o Caxias repita a ótima primeira fase e fature o returno, fica com o título. Cabe a dupla Grenal brigar para evitar que o time da Serra vença o Gauchão 2020. Ainda restam três rodadas para fechar o segundo turno. A tabela atualizada será anunciada ao longo desta semana. E como estão os 12 clubes a 10 dias de a competição ser retomada?
Grêmio - Após confirmar a ida para Criciúma, em Santa Catarina, onde poderia realizar os treinos coletivos, a direção gremista desistiu da viagem, confirmando a sequência de trabalho no CT Luiz Carvalho. O técnico Renato Portaluppi desembarca nesta semana em Porto Alegre, após passar a quarentena no Rio de Janeiro. Do time que venceu o São Luiz por 3 a 2 na manhã do dia 15 de março, apenas o lateral-esquerdo Caio Henrique não está mais à disposição do treinador. O Tricolor inicia hoje a 11ª semana de treinamentos.
Inter - Assim como o rival, o Colorado também trabalha a parte física a um longo período. Depois de ter o centro de treinamento oferecido pela direção do Avaí, em Florianópolis, onde há permissão para os treinos com contato, o clube permanecerá no CT Parque Gigante, seguindo os rigorosos protocolos sanitários. A novidade nesta retomada do Gauchão pode ser Rodrigo Dourado, que está em fase final de condicionamento físico e não atua há um ano. O atacante Gustavo deixou a equipe e chegou o volante Matheus Jussa.
São José - Tirando a dupla Grenal, o Zequinha é o único time gaúcho que retornou aos treinamentos físicos há oito semanas. O clube da Zona Norte de Porto Alegre irá utilizar o restante do Gauchão como preparação para o início da Série C, marcado para o dia 9 de agosto. Com a manutenção de grande parte do elenco, o São José ainda tem o jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil, diante do Atlético-GO, no Passo D'Areia. Na primeira partida, os gaúchos perderam por 2 a 0.
Novo Hamburgo - Após cogitar fechar as portas em meio à quarentena e demitir funcionários, a direção anilada volta à competição de cara nova. O elenco mudou bastante em relação ao que iniciou o Gauchão. A comissão técnica também foi trocada. Ben Hur Pereira saiu, e a direção foi em busca do jovem treinador Márcio Nunes, com passagens por São Paulo-RG, Ypiranga, Bagé e Grêmio Anápolis-GO. O elenco e a nova comissão técnica se reapresentam hoje para dar início aos treinamentos.
Aimoré - O Índio Capilé se reapresentou na quinta-feira passada. Na última rodada do Estadual, em 14 de março, empatou sem gols com o Juventude, no Cristo Rei. O departamento médico realizou 41 exames para a Covid-19, com atletas, comissão técnica e funcionários testando negativo. O futebol confirmou o início dos treinos para esta segunda-feira (13), seguindo todos os protocolos de saúde indicados e exigidos pelo Estado e pelo município. Para a retomada do Gauchão, o Aimoré tem o clássico com o Novo Hamburgo.
Caxias - Único time gaúcho a levantar uma taça nesta temporada. Com essa credencial, a equipe grená pode chegar ao título se vencer o segundo turno. Desde que o elenco se apresentou, no dia 7 de junho, foram realizadas três baterias de testes para o coronavírus, com três atletas diagnosticados. A direção trabalhou forte e manteve o mesmo grupo de jogadores para o técnico Rafael Lacerda. Ainda neste semestre, o Caxias deve ter o início da disputa da Série D.
Juventude - O elenco e a comissão técnica do Papo terão mudanças para a volta do regional. O Ju foi uma das equipes que mais se reforçaram, já visando a disputa da Série B do Brasileirão. Destaque para as chegadas do lateral-direito Wellington Silva, ex-Inter, e para o meia Carlos Eduardo, revelado pelo Grêmio. O treinador para a sequência da temporada é Pintado, que fará sua estreia no comando da equipe diante do maior rival, o Caxias. Após duas baterias de testes, um jogador testou positivo para Covid-19.
Esportivo - A equipe de Bento Gonçalves foi a primeira a retornar os treinos em meio à pandemia do coronavírus, antes mesmo da dupla Grenal. No dia 16 de abril, o elenco voltou aos trabalhos e foi bastante questionado por outros participantes e pela própria Federação Gaúcha de Futebol (FGF). Uma semana depois, os treinos foram suspensos. A reapresentação ocorreu no dia 2 de julho, com todos os 44 exames aplicados testando negativo para Covid-19. O Tivo vai em busca do título do Interior.
São Luiz - A equipe de Ijuí respira aliviada com a decisão de não rebaixamento nesta edição do Estadual. De todo o grupo que iniciou a competição, apenas nove atletas permaneceram. Os demais foram desligados em meio à parada. O elenco inicia nesta segunda-feira (13) a terceira semana de treinamentos. Um jogador do elenco testou positivo para o coronavírus. Sem muita ambição no Gauchão, o clube já se prepara para a disputa da Série D nacional, no dia 6 de setembro.
Ypiranga - O Periquito é outro clube que utilizará as partidas restantes no Gauchão para entrosar o time para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro. O elenco voltou aos trabalhos ainda em junho, com a realização de testes para o coronavírus, seguida de treinos físicos. Neste segundo turno, a equipe de Erechim tem apenas um ponto conquistado e ocupa a penúltima colocação do Grupo A. O retorno será diante do Esportivo, muito provavelmente, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul.
Pelotas - O elenco áureo-cerúleo se reapresentou no último dia 7 para a realização de testes para Covid-19. No dia seguinte, os atletas fizeram as avaliações médicas e assinaturas de contrato. O grupo será alterado radicalmente quando a bola voltar a rolar. Apenas seis atletas permaneceram e a direção foi em busca de reforços. O treinador também é novo. Após a saída de Luiz Carlos Winck, o jovem Ricardo Colbachini, de 35 anos, ex-auxiliar do Inter, conduzirá a equipe até o final do torneio.
Brasil-Pel - A única morte por coronavírus ligada ao futebol no Estado foi no clube pelotense. Após 85 dias internado, o médico José Raymundo, de 70 anos, faleceu por complicações devido à Covid-19. Como não tinha permissão para treinar nem mesmo fisicamente, o elenco xavante retomou os trabalhos na última quinta-feira (9). Após testes realizados, o grupo deu início aos treinamentos físicos. De novidade, a direção anunciou o executivo de futebol Felipe Gil.
Comentários CORRIGIR TEXTO