Porto Alegre, terça-feira, 30 de junho de 2020.
Dia do Economista.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 30 de junho de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Grêmio

Notícia da edição impressa de 30/06/2020. Alterada em 29/06 às 20h32min

Venda de Arthur a Juventus vai render R$ 15 milhões ao Grêmio

Meio-campo do Barça vai render cifras importantes ao cofres do Tricolor

Meio-campo do Barça vai render cifras importantes ao cofres do Tricolor


PAU BARRENA/AFP/JC
O Barcelona anunciou, nesta segunda-feira (29), a venda do volante Arthur para a Juventus. Os italianos pagarão € 72 milhões (R$ 442 milhões) aos catalães, além de € 10 milhões (R$ 61,5 milhões) em variáveis. A negociação não poderia se concretizar em melhor hora para o Grêmio. Nos próximos dias, o Tricolor deve receber por volta de € 2,5 milhões (R$ 15 milhões) pelo mecanismo de solidariedade, que concede 3,5% ao clube por ser um dos formadores do jogador. 
O Barcelona anunciou, nesta segunda-feira (29), a venda do volante Arthur para a Juventus. Os italianos pagarão € 72 milhões (R$ 442 milhões) aos catalães, além de € 10 milhões (R$ 61,5 milhões) em variáveis. A negociação não poderia se concretizar em melhor hora para o Grêmio. Nos próximos dias, o Tricolor deve receber por volta de € 2,5 milhões (R$ 15 milhões) pelo mecanismo de solidariedade, que concede 3,5% ao clube por ser um dos formadores do jogador. 
Campeão da Libertadores de 2017 com o Grêmio, o brasileiro chegou ao Barcelona no início de 2018 sob grande expectativa. Apesar de ter participado dos títulos da Liga e da Supercopa da Espanha na temporada 2018/2019, Arthur teve dificuldades para se firmar na Catalunha. Em pouco mais de dois anos, disputou 72 jogos (49 como titular), marcando quatro gols.
Após o anúncio da ida de Arthur à Itália, o Barcelona também formalizou a chegada do meio-campista bósnio Miralem Pjanic, de 30 anos, que defendia a Juve. Pjanic custou ao Barça € 60 milhões (R$ 367 milhões), com mais € 5 milhões (R$ 30,5 milhões) em variáveis. Seu contrato vai até junho de 2024. Ambos ainda terminarão a atual temporada com seus respectivos clubes.
Comentários