Porto Alegre, sexta-feira, 19 de junho de 2020.
Dia do Cinema Brasileiro.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 19 de junho de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Campeonato Gaúcho

Notícia da edição impressa de 19/06/2020. Alterada em 18/06 às 20h48min

Novo protocolo da FGF será analisado pelo Estado

 Hocsman levou plano para o Piratini e espera resposta na próxima semana

Hocsman levou plano para o Piratini e espera resposta na próxima semana


Patrícia Comunello/Especial/JC
Deivison Ávila
Um possível retorno dos jogos no Rio Grande do Sul está nas mãos do governo do Estado. Em encontro nesta quinta-feira na Casa Civil, o presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Luciano Hocsman, entregou um novo planejamento para que a bola volte a rolar. Os jogos estão suspensos há mais de 90 dias.
Um possível retorno dos jogos no Rio Grande do Sul está nas mãos do governo do Estado. Em encontro nesta quinta-feira na Casa Civil, o presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Luciano Hocsman, entregou um novo planejamento para que a bola volte a rolar. Os jogos estão suspensos há mais de 90 dias.
 
No documento entregue no Palácio Piratini, a entidade propôs a volta do Campeonato Gaúcho, com um número reduzido de sedes, delegações bem reduzidas, mais testagens para a Covid-19, além da manutenção da previsão para retorno no final do mês de julho. Secretaria de Esporte e Lazer aguardava o plano para avaliar futuro das atividades
O presidente da FGF apresentou os protocolos ao secretário da Governança e Gestão Estratégica, Claudio Gastal. O próximo passo será a análise do documento por parte do Gabinete de Crise, do Comitê de Combate ao Coronavírus e do secretário de Esportes, Francisco Vargas. A partir dos protocolos e das explicações apresentadas, o governo do Estado fará análise e apresentará uma resposta na próxima semana. A princípio, são três caminhos: autoriza, retorna para algum ajuste ou não tem viabilidade.
Os principais pontos apresentados pela federação passam por duas baterias com 50 testes para o coronavírus em meio aos treinos dos clubes - na apresentação e ao término da preparação técnica e física, o que deve ocorrer em 25 dias. As partidas seriam realizadas em sedes. As delegações dos times estão limitadas a 31 pessoas, sendo 17 jogadores, cinco dirigentes ou funcionários, treinador, preparador físico, preparador de goleiros, médico, massagista, analista de desempenho roupeiro e dois seguranças.
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2020/06/18/206x137/1_jogos_do_gauchao-9081040.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5eebfc6fc03fd', 'cd_midia':9081040, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2020/06/18/jogos_do_gauchao-9081040.jpg', 'ds_midia': 'Cronograma para o retorno do Campeonato Gaúcho', 'ds_midia_credi': 'Arte/JC', 'ds_midia_titlo': 'Cronograma para o retorno do Campeonato Gaúcho', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '590', 'align': 'Left'}
As equipes permaneceriam concentradas para a disputa das três rodadas restantes do segundo turno. Quem avançar, realiza mais uma bateria de testes para Covid-19 e mantém a concentração. Todos os profissionais que forem envolvidos nas partidas serão testados. E os jogos não terão a presença de público.
As datas para a finalização do Gauchão 2020 se dividiriam da seguinte forma. As três rodadas restantes do segundo turno, com seis jogos cada, seriam disputadas nos dias 19 de julho (domingo), 22 de julho (quarta-feira) e 26 de julho (domingo). As duas partidas das semifinais no dia 29 de julho (quarta-feira) e a final do turno, em jogo único, no dia 2 de agosto (domingo). Caso o campeão não seja o Caxias (vencedor do primeiro turno), uma grande final ocorreria em dois duelos, nos dias 5 de agosto (quarta-feira) e 9 de agosto (domingo).
O governador Eduardo Leite tem afirmado que não adianta "forçar a barra" para liberar os jogos. Leite reforça que vai seguir as condições que estão no distanciamento controlado.
Comentários