Porto Alegre, sexta-feira, 15 de maio de 2020.
Dia do Assistente Social.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 15 de maio de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Grêmio

Notícia da edição impressa de 15/05/2020. Alterada em 14/05 às 20h55min

Thiago Neves promete "ralar muito" para virar ídolo no clube

Meia revelou que sempre foi um sonho atuar no tricolor gaúcho

Meia revelou que sempre foi um sonho atuar no tricolor gaúcho


/LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/DIVULGAÇÃO/JC
Uma das contratações mais contestadas no Grêmio, ao lado do atacante Diego Souza, foi a de Thiago Neves. Após uma passagem com fim conturbado pelo rebaixado Cruzeiro, o meia de 35 anos sabe da cobrança que é atuar no clube. O jogador disse que se inspira bastante no técnico Renato Portaluppi e no atacante Luan, ídolo recente com passagem vitoriosa com a camisa tricolor.
Uma das contratações mais contestadas no Grêmio, ao lado do atacante Diego Souza, foi a de Thiago Neves. Após uma passagem com fim conturbado pelo rebaixado Cruzeiro, o meia de 35 anos sabe da cobrança que é atuar no clube. O jogador disse que se inspira bastante no técnico Renato Portaluppi e no atacante Luan, ídolo recente com passagem vitoriosa com a camisa tricolor.
"Tenho me preparado ao máximo para ser ídolo igual o Renato, igual foi o Luan e outros atletas. Se for preciso, vou dar carrinho na bandeirinha de escanteio, comer grama, vou ralar muito para ficar marcado na história do Grêmio", disse o jogador em entrevista à Grêmio TV.
Thiago falou ainda sobre a busca pela titularidade, seu principal objetivo quando a bola voltar a rolar. "Cheguei depois de todo mundo e tive dificuldades para entrar no ritmo. Agora, voltando junto com todo mundo, vai ser melhor. Costumava jogar em outro estilo no time que estava. Agora, já sei como as coisas funcionam aqui."
O treinamento desta quinta-feira (14) teve um elemento diferente: a bola. Pela primeira vez após a retomada dos trabalhos, paralisados devido à Covid-19, os jogadores tiveram contato com a protagonista. Orientados pelo auxiliar Alexandre Mendes, os atletas foram divididos em grupos de seis, depois em duplas, trocando passes e percorrendo um circuito. A última parte foi de conclusões a gol.
Comentários