Porto Alegre, sexta-feira, 08 de maio de 2020.
Dia do Profissional de Marketing.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 08 de maio de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Campeonato Gaúcho

Notícia da edição impressa de 08/05/2020. Alterada em 07/05 às 20h34min

Federação cogita reduzir número de sedes para retomar o Gauchão

Luciano Hocsman (e) voltará a se reunir com os clubes neste sábado (9) por videoconferência

Luciano Hocsman (e) voltará a se reunir com os clubes neste sábado (9) por videoconferência


FELIPE DALLA VALLE/PALÁCIO PIRATINI/JC
A Federação Gaúcha de Futebol (FGF) segue buscando alternativas para a retomada do Campeonato Gaúcho. Em reunião com os clubes na quarta-feira (6), uma das ideias propostas foi reduzir o número de cidades e concentrar as equipes em um menor número de sedes.
A Federação Gaúcha de Futebol (FGF) segue buscando alternativas para a retomada do Campeonato Gaúcho. Em reunião com os clubes na quarta-feira (6), uma das ideias propostas foi reduzir o número de cidades e concentrar as equipes em um menor número de sedes.
"Sede única é praticamente inviável. Não só pela questão da logística, mas também pelo aspecto financeiro. Mas não descartamos a possibilidade de encontrarmos uma forma de fazer a competição em três ou quatro sedes", explicou Luciano Hocsman, presidente da FGF.
A definição de sedes depende também de aprovação dos clubes participantes. Segundo Hocsman, os representantes das equipes se mostraram favoráveis a essa alteração. "Pedimos para os clubes começarem a considerar essa possibilidade. Em um primeiro momento, foi um conceito bem aceito, até porque eles têm intenção de completar a competição", afirmou.
As definições devem sair em breve, mas o Campeonato Gaúcho ainda aguarda liberação do governo do Rio Grande do Sul e não deve ser retomado antes de junho. O governador Eduardo Leite deve divulgar um novo decreto nos próximos dias, onde estará incluso algum posicionamento referente à volta do esporte coletivo de contato.
Comentários