Porto Alegre, terça-feira, 28 de abril de 2020.
Dia da Educação.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 28 de abril de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Olimpíadas

28/04/2020 - 11h08min. Alterada em 28/04 às 20h45min

Tóquio 2020 pode ser cancelado se pandemia não for controlada, diz organização

Presidente do Comitê Organizador disse que Olimpíada não pode ser adiada novamente

Presidente do Comitê Organizador disse que Olimpíada não pode ser adiada novamente


PHILIP FONG/AFP/JC
Os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, adiados para 2021, serão cancelados se a pandemia do novo coronavírus não for controlada no mundo, disse o presidente do Comitê Organizador, Yoshiro Mori, em uma entrevista ao jornal japonês Nikkan Sports nesta terça-feira (28). O dirigente explicou que a Olimpíada não pode ser adiada novamente.
Os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, adiados para 2021, serão cancelados se a pandemia do novo coronavírus não for controlada no mundo, disse o presidente do Comitê Organizador, Yoshiro Mori, em uma entrevista ao jornal japonês Nikkan Sports nesta terça-feira (28). O dirigente explicou que a Olimpíada não pode ser adiada novamente.
Na última quinta-feira (23), o presidente do Comitê Organizador já havia enfatizado que "pensando nos atletas e nos problemas que isso colocaria para a organização, é tecnicamente difícil adiá-lo dois anos". A pandemia forçou um primeiro adiamento dos Jogos Olímpicos, quando a data de abertura foi remarcada para o dia 23 de julho de 2021.
Yoshiro Mori disse que a batalha contra o coronavírus é uma "luta contra um inimigo invisível" e lembrou que, até hoje, o evento esportivo só foi cancelado devido à guerra. "Se a pandemia for controlada com sucesso, organizaremos as Olimpíadas em paz no próximo ano", disse o dirigente. "A humanidade aposta nisso".
Os organizadores e o governo japonês insistem que a Olimpíada pode ser uma oportunidade para mostrar o triunfo do mundo sobre o novo coronavírus, mas há quem pense que o atraso de um ano não é suficiente. Será "extremamente difícil" sediar os Jogos no próximo ano se uma vacina não for descoberta, alertou o presidente da Associação Médica do Japão, Yoshitake Yokokura.
Na semana passada, um médico especialista japonês, que criticou a resposta do país ao coronavírus, disse estar "muito pessimista" com a possibilidade de que a Olimpíada possa ser realizada em 2021. Por enquanto, o Japão já registrou pouco mais de 13 mil casos de pessoas contaminadas com a covid-19 e cerca de 400 mortos.
Comentários