Porto Alegre, terça-feira, 28 de abril de 2020.
Dia da Educação.

Jornal do Comércio

Porto Alegre, terça-feira, 28 de abril de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Fórmula 1

Notícia da edição impressa de 28/04/2020. Alterada em 27/04 às 20h39min

Temporada 2020 começa com GP da Áustria em julho

Chase Carey, presidente da F-1, confirmou início da temporada com provas em circuitos europeus

Chase Carey, presidente da F-1, confirmou início da temporada com provas em circuitos europeus


/FABRICE COFFRINI /AFP/JC
A Fórmula 1 prevê o início da temporada de 2020 na Áustria, no circuito Red Bull Ring, em Spielberg, de 3 a 5 de julho, provavelmente sem público, anunciou, nesta segunda-feira (27), o presidente da categoria, o empresário norte-americano Chase Carey. "Planejamos um início das corridas na Europa em julho, com a primeira na Áustria. Em setembro, outubro e novembro deveremos correr na Eurásia, Ásia e América para terminar a temporada no Golfo em dezembro, com o Bahrein, antes da tradicional final em Abu Dhabi, depois da disputa de entre 15 e 18 corridas", informou.
A Fórmula 1 prevê o início da temporada de 2020 na Áustria, no circuito Red Bull Ring, em Spielberg, de 3 a 5 de julho, provavelmente sem público, anunciou, nesta segunda-feira (27), o presidente da categoria, o empresário norte-americano Chase Carey. "Planejamos um início das corridas na Europa em julho, com a primeira na Áustria. Em setembro, outubro e novembro deveremos correr na Eurásia, Ásia e América para terminar a temporada no Golfo em dezembro, com o Bahrein, antes da tradicional final em Abu Dhabi, depois da disputa de entre 15 e 18 corridas", informou.
Ainda nesta segunda-feira, os organizadores do GP da França, previsto para 28 de junho no circuito de Paul Ricard, em Le Castellet, anunciaram o cancelamento da prova devido às medidas governamentais de luta contra a epidemia do novo coronavírus. Além disso, o GP da Grã-Bretanha, programado para 19 de julho no circuito de Silverstone, será disputado com portões fechados. "Com extrema decepção, tenho que afirmar que não podemos organizar o Grande Prêmio da Grã-Bretanha com torcedores este ano em Silverstone", disse o diretor do circuito, Stuart Pringle.
Comentários