Porto Alegre, quarta-feira, 11 de março de 2020.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Libertadores

11/03/2020 - 12h42min. Alterada em 11/03 às 14h54min

Grêmio x Inter: quem tem mais vitórias na história dos Grenais

Pela quarta vez em Grenais, Guerrero e Geromel devem travar duelo decisivo

Pela quarta vez em Grenais, Guerrero e Geromel devem travar duelo decisivo


RICARDO DUARTE/INTERNACIONAL/DIVULGAÇÃO/JC
A pouco mais de 24 horas de um Grenal inédito, o primeiro em uma Libertadores, a pergunta é? Grêmio e Inter: quem acumula mais vitórias na história do clássico até o número 424? Dica: foram marcados 1.137 gols até o Grenal 423, travado no Beira-Rio, em fevereiro. 
A pouco mais de 24 horas de um Grenal inédito, o primeiro em uma Libertadores, a pergunta é? Grêmio e Inter: quem acumula mais vitórias na história do clássico até o número 424? Dica: foram marcados 1.137 gols até o Grenal 423, travado no Beira-Rio, em fevereiro. 
Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro, Gauchão e Copa Sul-Americana. Em cada uma dessas quatro competições, o clássico Grenal reserva histórias para colorados e gremistas. Logo a Libertadores, maior torneio da América do Sul e que já trouxe grandes rivalidades do continente como Peñarol x Nacional, Boca Juniors x River Plate e Palmeiras x Corinthians, ainda não tinha sido palco do clássico gaúcho.
O Grenal 424 traz como principal atrativo o ineditismo do jogo, apesar de não ser válido por fase eliminatória. Em 2020, a Copa Libertadores entra na sua 61ª edição, com 20 participações gremistas e 13 coloradas. O Grêmio, ao lado do São Paulo, é o clube brasileiro com maior número de participações e há três anos frequenta a semifinal da competição. O Inter, por sua vez, chegou à semifinal pela última vez em 2015, quando foi eliminado pelo Tigres, do México.

Números do clássico Grêmio e Inter:

  • Vitórias do Inter: 156
  • Vitórias do Grêmio: 133
  • Empates: 134
  • Gols do Inter: 585
  • Gols do Grêmio: 552
Curiosidade: a única vitória colorada na Arena do Grêmio foi em 30 de março de 2014, primeiro jogo da final do Campeonato Gaúcho daquele ano. Na ocasião, o time treinado por Abel Braga venceu o Tricolor por 2 a 1, com dois gols de Rafael Moura. Desde lá, foram cinco vitórias gremistas e seis empates na Arena, com destaque para a goleada de 5 a 0 em 2015. A mais recente foi no Grenal 423, com placar de 1 a 0 para o Tricolor no Beira-Rio.  
Antes da definição dos confrontos pela fase de grupos da Libertadores, a Copa Sul-Americana havia sido a única competição internacional a receber jogos da dupla. Por duas vezes, em 2004 e 2008, o Inter se deu melhor, avançando à fase seguinte.
Estatísticas à parte, há uma certeza. Quando o árbitro argentino Fernando Rapallini apitar o início da partida, às 21h, nesta quinta, as portas do continente estarão abertas para a maior rivalidade do Brasil. A Geral do Grêmio prepara a festa para quem for à Arena, que será feita com 20 mil bobinas. O espetáculo promete.