Porto Alegre, terça-feira, 10 de março de 2020.
Dia do Telefone.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Grêmio

Notícia da edição impressa de 10/03/2020. Alterada em 09/03 às 20h51min

Semana Grenal começa com dúvidas na zaga tricolor

Defensor argentino pode ser a surpresa no clássico pela Libertadores

Defensor argentino pode ser a surpresa no clássico pela Libertadores


/LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/DIVULGAÇÃO/JC
Semana Grenal sem mistério não existe. Mesmo que o técnico Renato Portaluppi já tenha deixado claro que escalará a equipe com três volantes, a dúvida pode estar na defesa. Enquanto Geromel foi ausência no treinamento desta segunda-feira (9), pelo segundo dia consecutivo, Kannemann trabalhou juntamente com o grupo e pode ficar à disposição para o primeiro clássico na história pela Libertadores da América.
Semana Grenal sem mistério não existe. Mesmo que o técnico Renato Portaluppi já tenha deixado claro que escalará a equipe com três volantes, a dúvida pode estar na defesa. Enquanto Geromel foi ausência no treinamento desta segunda-feira (9), pelo segundo dia consecutivo, Kannemann trabalhou juntamente com o grupo e pode ficar à disposição para o primeiro clássico na história pela Libertadores da América.
Geromel jogou apenas duas partidas na temporada, uma pelo Gauchão e outra na estreia vitoriosa sobre o América de Cali, na Colômbia. Entretanto, na partida pelo torneio continental, o zagueiro deixou o campo com dores na coxa direita. Renato e o próprio jogador tranquilizaram o torcedor, mas ele ainda não voltou a treinar após o desconforto muscular.
Já Kannemann treinou normalmente. O defensor está sem atuar desde o dia 30 de janeiro. O argentino já está recuperado da lesão no dedão do pé esquerdo, após passar por um procedimento. Caso não sinta dores, pode voltar a campo diante do maior rival.
Depois de ter ficado quase seis meses longe dos gramados, o meia-atacante Jean Pyerre voltou na vitória sobre o Pelotas, domingo, na Zona Sul do Estado. Ele atuou apenas 30 minutos, mas deve ficar à disposição para a partida de quinta-feira (12), às 21h, na Arena. Ainda sem condições de iniciar atuando, Jean Pyerre estará no banco de reservas.
Com isso, o esquema tático com três volantes (Lucas Silva, Matheus Henrique e Maicon), utilizado pela primeira vez no clássico do Gauchão, deve ser repetido. Lucas Silva analisou o modo que a equipe atua com esta formação: "Nosso meio-campo fica forte. Não é o sistema que o nosso time vinha jogando antes, mas deu certo a partir do próprio Grenal. Tem o Thiago e o Jean voltando também, o Renato vai saber administrar", disse.
O volante falou ainda do seu momento no clube e da retomada do ritmo de jogo, já que não tinha uma sequência desde o meio do ano passado. "Tinha em mente que deveria trabalhar muito forte na pré-temporada. Assim foi e, juntamente com o apoio do Renato, fui muito bem recebido pelo clube e pude ter essas boas atuações já no início", analisou.