Porto Alegre, terça-feira, 21 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 21 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Gaúcho

- Publicada em 20h57min, 23/02/2020. Atualizada em 19h53min, 25/02/2020.

Grêmio corre atrás do prejuízo após derrota para o Caxias

Mais uma vez, Tricolor de Lucas Silva criou poucas chances de gol e acabou ciando frente ao Caxias

Mais uma vez, Tricolor de Lucas Silva criou poucas chances de gol e acabou ciando frente ao Caxias


LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/JC
A expectativa do Grêmio era vencer o primeiro turno do Campeonato Gaúcho e garantir um calendário menos pesado no returno, com a chance de usar time alternativo antes dos confrontos pela Libertadores da América. Essa ideia, porém, acabou indo por água abaixo no sábado. Jogando melhor em boa parte da partida, o Caxias se impôs no Centenário e venceu a Taça Ewaldo Poeta por 1 a 0, sendo o primeiro nome garantido na decisão do Gauchão. Diogo Oliveira fez o gol que deu a taça da primeira fase ao clube grená.
A expectativa do Grêmio era vencer o primeiro turno do Campeonato Gaúcho e garantir um calendário menos pesado no returno, com a chance de usar time alternativo antes dos confrontos pela Libertadores da América. Essa ideia, porém, acabou indo por água abaixo no sábado. Jogando melhor em boa parte da partida, o Caxias se impôs no Centenário e venceu a Taça Ewaldo Poeta por 1 a 0, sendo o primeiro nome garantido na decisão do Gauchão. Diogo Oliveira fez o gol que deu a taça da primeira fase ao clube grená.
Agora, tanto Grêmio quanto Inter vão precisar se superar para garantir o título do returno, única forma de chegar à decisão do estadual. "Esse foi um dos temas que conversei com os jogadores (depois do jogo). Falei que era importante a vitória hoje (sábado), conquistar o primeiro turno, porque o segundo é complicado. A Libertadores está no meio, e, agora, só tem uma vaga (no Gauchão)", lamentou o técnico Renato Portaluppi, durante a coletiva pós-jogo.
O Tricolor tem uma semana cheia para curar as feridas. Depois disso, tudo vira maratona. A estreia no returno é em casa, no sábado que vem, contra o Juventude - e depois já é ponte aérea para a estreia na competição continental, dia 3 de março, contra o América de Cali, na Colômbia. Até aqui, o Grêmio tem cinco vitórias e três derrotas na temporada, duas delas diante do Caxias.
No sábado, a bem formatada equipe de Rafael Lacerda fez uma marcação impecável, mas sem abrir mão de jogar futebol. Repetindo a escalação do Grenal, o Tricolor tinha três volantes de ofício no meio-campo, e essa formação não conseguiu abrir brechas nas linhas defensivas do Caxias.
Depois de um primeiro tempo de pouco futebol, o time da Serra mostrou-se superior na etapa final. O Grêmio tinha a bola, mas não levava perigo ao gol de Marcelo Pitol. Quando chegava, o time grená era mais perigoso - até que, aos 33 minutos, o veterano Diogo Oliveira soube aproveitar a confusão na cobrança de escanteio, chutando firme para fazer o gol caxiense. 
Comentários CORRIGIR TEXTO