Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 06 de fevereiro de 2020.
Dia do Agente de Defesa Ambiental.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Grêmio

Alterada em 06/02 às 17h28min

Grêmio anuncia novo vice de futebol e completa reforma no vestiário

Romildo Bolzan apresenta o vice-presidente Paulo Luz, como novo vice-presidente de Futebol

Romildo Bolzan apresenta o vice-presidente Paulo Luz, como novo vice-presidente de Futebol


LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/DIVULGALÇAO/JC
O Grêmio anunciou, nesta quinta-feira (6), seu novo vice-presidente de futebol para a temporada. Paulo Luz, integrante do Conselho de Administração, assume o cargo que estava vago desde dezembro do ano passado.
O Grêmio anunciou, nesta quinta-feira (6), seu novo vice-presidente de futebol para a temporada. Paulo Luz, integrante do Conselho de Administração, assume o cargo que estava vago desde dezembro do ano passado.
Com a chegada do dirigente, o time completa a reformulação no vestiário iniciada com a demissão de sete profissionais ligados à rotina do elenco. Ao lado de Luz, que integra a diretoria do Grêmio desde 2017, estarão Cláudio Tavares e Celso Matte, ambos na função de diretores de futebol.
"Tenho por espírito gostar da conversa e do bom diálogo, da parceria. Trago da vida profissional a capacidade de ouvir muito e às vezes falar pouco. É do meu temperamento ser discreto", disse o novo vice de futebol do Grêmio.
A escolha de Paulo Luz aproxima o Conselho de Administração do vestiário. Em 2018 e 2019, outro integrante da alta cúpula ocupou a vaga de vice de futebol, Duda Kroeff, mas a ideia é ter ainda mais contato com os processos do elenco.
O UOL Esporte revelou que as demissões fizeram parte de um plano para eliminar a chamada autogestão no vestiário do Grêmio. A escolha de Paulo Luz levou em conta o perfil, comparado ao de Romildo Bolzan Júnior, mas também a ideia de aumentar a conexão entre as áreas do clube.
As funções políticas do departamento de futebol do Grêmio estavam vagas desde o fim do Campeonato Brasileiro, quando Duda Kroeff e os diretores Alberto Guerra e Deco Nascimento entregaram os cargos. De lá até agora, Romildo acumulou a função de vice de futebol.
Os novos designados para atuar no dia a dia do Grêmio trabalharão em conjunto com Klauss Câmara, diretor executivo de futebol.
Folhapress
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia