Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 26 de janeiro de 2020.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Basquete

26/01/2020 - 17h34min. Alterada em 26/01 às 17h39min

Astro do basquete, Kobe Bryant morre em acidente de helicóptero nos EUA

Bryant atuou por 20 anos no Los Angeles Lakers como ala-armador

Bryant atuou por 20 anos no Los Angeles Lakers como ala-armador


EMMANUEL DUNAND/AFP/JC
O americano Kobe Bryant, 41, considerado um dos maiores jogadores de basquete da história, morreu neste domingo (26) em um acidente de helicóptero em Calabasas, na Califórnia, cidade próxima próxima a Los Angeles. A informação foi revelada pelo site de celebridades TMZ.
O americano Kobe Bryant, 41, considerado um dos maiores jogadores de basquete da história, morreu neste domingo (26) em um acidente de helicóptero em Calabasas, na Califórnia, cidade próxima próxima a Los Angeles. A informação foi revelada pelo site de celebridades TMZ.
O helicóptero em que o ex-jogador estava caiu e pegou fogo por volta das 10h no horário local (15h no horário de Brasília). Além de Bryant, outras quatro pessoas estavam na aeronave. O departamento de polícia local confirmou que todos os ocupantes da aeronave morreram.
Bryant é conhecido por sua carreira como do Los Angeles Lakers, onde atuou como ala-armador por 20 anos, até se aposentar em 2016. Durante a carreira conquistou cinco títulos da NBA e duas medalhas de ouro com a seleção americana de basquete nas Olimpíadas de Pequim-2008 e Londres-2012.
De acordo com o TMZ, Bryant costumava usar seu helicóptero para viagens. O ex-jogador deixa a mulher, Vanessa, e quatro filhas, uma delas nascida em junho do ano passado.
Além dos prêmios esportivos, o ex-jogador também ganhou um Oscar, em 2018, pelo curta-metragem de animação "Dear Basketball", do qual foi criador e narrador. Com seis minutos de duração, o filme é baseado em um poema que Bryant escreveu quando anunciou a aposentadoria da NBA.
No sábado (25), Bryant foi superado por LeBron James como terceiro maior pontuador da liga. O ex-jogador marcou 33.643 pontos na NBA em sua carreira, enquanto LeBron chegou a 33.655 na partida.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia