Porto Alegre, quarta-feira, 22 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 22 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Grêmio

- Publicada em 16h19min, 16/01/2020. Atualizada em 16h29min, 16/01/2020.

Presidente do Grêmio diz que demissões fazem parte de 'organização e avaliação'

É um processo de 'organização e avaliação', explicou o presidente o Grêmio sobre demissões

É um processo de 'organização e avaliação', explicou o presidente o Grêmio sobre demissões


LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA/Reprodução/JC
O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Junior, atribuiu as demissões que atingem integrantes da comissão técnica, a um processo de "organização e avaliação" do clube e comparou as mudanças a práticas que as empresas fazem para renovar e qualificar as equipes. "O Grêmio também faz isso", justificou Bolzan.
O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Junior, atribuiu as demissões que atingem integrantes da comissão técnica, a um processo de "organização e avaliação" do clube e comparou as mudanças a práticas que as empresas fazem para renovar e qualificar as equipes. "O Grêmio também faz isso", justificou Bolzan.
O dirigente considerou ainda que as medidas fazem parte de "um processo normal de organização e oportunidade de fazer". Bolzan comentou, em entrevista coletiva para jornalistas no CT Luiz Carvalho, em Porto Alegre, que "são momentos muito complexos, pois envolve pessoas e contratos". Bolzan negou que tenha tido alguma motivação pessoal nas demissões.
Também disse que o técnico Renato Portaluppi está sendo comunicado de todas as decisões.
Foram dispensados os preparadores físico Rogério Dias e de goleiro Rogério Godoy, os fisiologistas José Leandro e Rafael Gobbato, o fisioterapeuta Henrique Valente, a nutricionista Katiuce Borges e o assessor de imprensa João Paulo Fontoura.
Bolzan confirmou a rescisão de contrato com o centroavante Diego Tardelli, comunicada na manhã desta quinta-feira (16). O presidente do Tricolor não revelou as condições financeiras da negociação para a saída do atacante, que já era esperada. 
Outra mudança será no departamento médico, com a troca de integrantes. O médico. ex-prefeito de Osório e ex-deputado Ciro Simoni vai assumir a coordenação do grupo. 
Até agora, o time contratou o nutricionista Guilherme Oliveira, que trabalhou no Cruzeiro, e o fisiologista Marquinhos, que passou pelo São Paulo. Os novos profissionais que integrarão a equipe deverão ser anunciados nos próximos dias.
Comentários CORRIGIR TEXTO