Porto Alegre, quinta-feira, 23 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 23 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Grêmio

- Publicada em 18h29min, 09/01/2020. Atualizada em 17h48min, 10/01/2020.

Renato Portaluppi fará procedimento para corrigir arritmia cardíaca

Renato este na apresentação no CT do Grêmio e volta para o Rio de Janeiro nesta sexta

Renato este na apresentação no CT do Grêmio e volta para o Rio de Janeiro nesta sexta


LUCAS UEBEL/GRÊMIO/DIVULGAÇÃO/JC
Patrícia Comunello
O técnico Renato Portaluppi fez a apresentação da temporada 2020 no Centro de Treinamento (CT) do Grêmio nesta quinta-feira (9), em Porto Alegre, e já está de volta ao Rio de Janeiro. O retorno tem duas razões: o técnico vai completar dez dias do período de férias que faltaram e vai fazer um procedimento no coração.
O técnico Renato Portaluppi fez a apresentação da temporada 2020 no Centro de Treinamento (CT) do Grêmio nesta quinta-feira (9), em Porto Alegre, e já está de volta ao Rio de Janeiro. O retorno tem duas razões: o técnico vai completar dez dias do período de férias que faltaram e vai fazer um procedimento no coração.
Renato embarca nesta sexta-feira (10). O treinador fará o procedimento chamado de ablação, que é adotado para casos de arritmia cardíaca. Renato usará parte dos dias de férias para o tratamento. Em dezembro, ele acabou tendo de fazer um curso da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para obter a Licença A de treinador, adiando a folga a que tem direito. 
O Tricolor divulgou nota em seu site, após a apresentação, explicando o tratamento. Segundo o Departamento Médico, "o técnico será submetido a uma ablação, na manhã do próximo sábado (11), no Rio de Janeiro". O procedimento é o mesmo que Renato fez no começo de 2019.
O cardiologista Eduardo Saad chefiará a equipe que atuará no hospital no Rio. O também cardiologista Leandro Zimerman, do Hospital Moinhos de Vento e que fez o procedimento de Renato em janeiro de 2019, vai acompanhar, a pedido do treinador e ao lado do médico do Grêmio, Paulo Rabaldo, toda a intervenção.  
A ablação é realizada por meio de cateteres, sem a necessidade de abertura do tórax para acesso ao coração, possibilitando uma rápida recuperação, explica o Hospital Albert Einstein, em seu site. 
VÍDEO: Como foi a apresentação no CT do Grêmio 
Comentários CORRIGIR TEXTO