Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 21 de novembro de 2019.
Dia Mundial da Televisão. Dia da Homeopatia e Dia do Homeopata.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Grêmio

Edição impressa de 21/11/2019. Alterada em 21/11 às 03h00min

'A Libertadores só depende de nós'

Volante gremista vai torcer para o Flamengo na final da Libertadores

Volante gremista vai torcer para o Flamengo na final da Libertadores


/LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/DIVULGAÇÃO/JC
O Grêmio chega nesta reta final do Campeonato Brasileiro dependendo apenas de si para garantir uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores 2020. Após poupar jogadores em grande parte da competição, o time tem nas últimas cinco rodadas a possibilidade de bater adversários diretos na briga pelo G-4, caso do São Paulo, para confirmar a manutenção no topo da tabela.
O Grêmio chega nesta reta final do Campeonato Brasileiro dependendo apenas de si para garantir uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores 2020. Após poupar jogadores em grande parte da competição, o time tem nas últimas cinco rodadas a possibilidade de bater adversários diretos na briga pelo G-4, caso do São Paulo, para confirmar a manutenção no topo da tabela.
Para o volante Matheus Henrique, a manutenção no G-4 depende apenas do grupo e o foco tem que seguir forte nas próximas partidas. "O ruim é quando depende de outros clubes. A gente sabe que tem condições de chegar contra o São Paulo e ter a situação encaminhada. Temos cinco partidas e precisamos somar o máximo de pontos possíveis para conquistar nosso objetivo que é colocar o Grêmio na Libertadores", lembrou.
Matheuzinho falou ainda sobre a final da Libertadores e disse que quer ver o Flamengo vencer o River Plate, sábado. "Vou torcer para eles porque não vou torcer para argentino. Eles nos eliminaram, mas quero que tragam este título para o futebol brasileiro", contou. Além disso, caso os cariocas conquistem a taça, uma quinta vaga direta para o torneio continental do próximo ano se abre no Brasileirão.
Questionado sobre a permanência do técnico Renato Portaluppi e a chegada de novos reforços para 2020, o jogador gremista não quis se comprometer. "Essa parte de contratação não é comigo, é com a direção e com o Renato. Eu creio que, desde que o Renato chegou aqui, ele sempre teve bons grupos e conquistou grandes resultados", disse.
No treino de ontem, o treinador contou com os retornos de Phelipe Megiolaro, Kannemann e Matheus Henrique. Eles estavam servindo às seleções brasileira olímpica e argentina principal, e voltam a ficar à disposição para a partida com o Palmeiras, domingo, às 16h, em São Paulo. Enquanto os titulares treinavam em um campo, os reservas enfrentaram os atletas da transição sob o comando do técnico gremista. O grupo volta aos trabalhos na manhã de hoje.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia