Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 11 de agosto de 2019.
Dia do Advogado. Dia dos Pais.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato brasileiro

Alterada em 11/08 às 13h08min

Inter não consegue furar marcação e empata sem gols com o Corinthians

Colorado segue fora da zona de Libertadores, mas sem afastar-se da disputa por uma vaga continental

Colorado segue fora da zona de Libertadores, mas sem afastar-se da disputa por uma vaga continental


Ricardo Duarte/S.C Internacional/JC
Igor Natusch
Enfrentar o Corinthians sempre mobiliza o povo colorado. Em uma ensolarada manhã de Dia dos Pais, nada menos que 36.166 torcedores foram ao Beira-Rio, mas acabaram não tendo a chance de soltar o esperado grito de gol. Sem furar o bloqueio adversário, o Inter ficou no 0 a 0 contra o time paulistano, em uma partida de poucas chances claras de lado a lado. Agora com 21 pontos, o Colorado segue fora da zona de Libertadores, mas sem afastar-se muito da disputa por uma vaga continental.
Enfrentar o Corinthians sempre mobiliza o povo colorado. Em uma ensolarada manhã de Dia dos Pais, nada menos que 36.166 torcedores foram ao Beira-Rio, mas acabaram não tendo a chance de soltar o esperado grito de gol. Sem furar o bloqueio adversário, o Inter ficou no 0 a 0 contra o time paulistano, em uma partida de poucas chances claras de lado a lado. Agora com 21 pontos, o Colorado segue fora da zona de Libertadores, mas sem afastar-se muito da disputa por uma vaga continental.
Notório pela disciplina defensiva, o Corinthians foi competente para travar as ações coloradas. Mesmo com a posse da bola, o Inter sofria para achar espaços. Apenas aos 22 minutos Cássio fez a primeira defesa, em chute de Nonato após cobrança ensaiada de escanteio. Por outro lado, os visitantes demonstravam pouco entusiasmo quando tinha a bola no setor ofensivo. A melhor chance do Timão foi aos 42 minutos, quando Júnior Urso, livre dentro da área, não conseguiu chutar com precisão.
O panorama não mudou muito na segunda etapa. Sentindo que o jogo estava devagar, Odair Hellmann lançou o time à frente, com a entrada de Nico López. O Corinthians se desarrumou, gerando minutos de entusiasmo para a torcida colorada.
Mas o time de Fábio Carille sabe sofrer. Enquanto o Inter colocava homens de frente, o Corinthians fazia trocas para robustecer o meio-campo, arrefecendo o ímpeto gaúcho. Ainda assim, o Colorado chegou a ter uma chance de ouro aos 41 minutos. A defesa corintiana quis deixar a bola sair, se confundiu, e a bola sobrou livre dentro da área. Sarrafiore, porém, foi atrapalhado por Guerrero e bateu fraco, para fora.
Depois de uma agenda cheia nas últimas semanas, o Colorado ganha uma semana inteira para respirar. O próximo compromisso é no sábado, no Ceará, contra o Fortaleza.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia