Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 09 de agosto de 2019.
Dia Internacional dos Povos Indígenas.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Inter

Alterada em 09/08 às 18h37min

D'Alessandro e dirigentes do Inter são absolvidos em julgamento no STJD

D'Alessandro poderá participar do jogo de volta contra o Cruzeiro pela semifinal da Copa do Brasil

D'Alessandro poderá participar do jogo de volta contra o Cruzeiro pela semifinal da Copa do Brasil


Ricardo Duarte/Internacional/Divulgação/JC
Folhapress
O meia D'Alessandro e três dirigentes do Internacional foram absolvidos no julgamento realizado na manhã desta sexta (9), no STJD. O gringo, portanto, poderá participar do jogo de volta contra o Cruzeiro pela fase semifinal da Copa do Brasil.
O meia D'Alessandro e três dirigentes do Internacional foram absolvidos no julgamento realizado na manhã desta sexta (9), no STJD. O gringo, portanto, poderá participar do jogo de volta contra o Cruzeiro pela fase semifinal da Copa do Brasil.
O julgamento ocorreu em razão das confusões ocorridas no jogo de volta das quartas de final contra o Palmeiras, no Beira-Rio. D'Ale, o presidente Marcelo Medeiros, o vice de futebol Roberto Melo e o diretor executivo de futebol Rodrigo Caetano não pegaram qualquer punição.
Já o atacante Pedro Lucas, também denunciado pelo comportamento no fim do jogo, pegou três partidas de gancho.
O assessor de imprensa Rafael Antoniutti, flagrado em um vídeo transtornado com as decisões da equipe de arbitragem, foi punido com 30 dias de suspensão. O gandula Santiago Aguirre Divan foi suspenso por 30 dias. E o Internacional levou uma multa de R$ 3 mil.
Edenilson teve confirmada uma lesão muscular na coxa direta. Após a realização de exames, o diagnóstico foi divulgado nesta manhã. O tempo de parada não foi determinado. O jogador já ficaria fora do jogo de domingo do Inter contra o Corinthians pois está suspenso.
O problema é a sequência de partidas. O Inter tem, no dia 21, o início da disputa por uma vaga na fase semifinal da Libertadores contra o Flamengo. A meta é que até lá o jogador possa reunir totais condições de jogo.
Para o jogo contra o Corinthians, domingo (11), o Inter deve ter time misto. Jogadores mais desgastados ou que se recuperam de dores devem ser preservados, casos de Rodrigo Lindoso, Moledo, Uendel e Bruno.
O provável time tem: Lomba; Zeca, Klaus, Cuesta e Natanael; Rithely, Nonato, Patrick, D'Alessandro e Nico López; Paolo Guerrero.
Recuperando-se de lesão, Emerson Santos fez seu primeiro trabalho com bola no processo de retorno. Inter e Corinthians jogam às 11h (de Brasília), no Beira-Rio.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia