Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 19 de junho de 2019.
Dia do Cinema Brasileiro.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR| CORRIGIR

COPA AMÉRICA

19/06/2019 - 15h12min. Alterada em 19/06 às 15h12min

Copa América tem dois jogos nesta quarta-feira: Colômbia e Catar e Argentina e Paraguai

Colômbia e Catar se enfrentam às 18h30, no Estádio Morumbi, em São Paulo

Colômbia e Catar se enfrentam às 18h30, no Estádio Morumbi, em São Paulo


NELSON ALMEIDA/AFP/JC
Agência Brasil
Duas partidas marcam a segunda rodada do Grupo B da Copa América nesta quarta-feira (19). A Colômbia e o Catar se enfrentam às 18h30, no Estádio do Morumbi, em São Paulo. Mais tarde, às 21h30, Argentina e Paraguai jogam no Mineirão, em Belo Horizonte.
Duas partidas marcam a segunda rodada do Grupo B da Copa América nesta quarta-feira (19). A Colômbia e o Catar se enfrentam às 18h30, no Estádio do Morumbi, em São Paulo. Mais tarde, às 21h30, Argentina e Paraguai jogam no Mineirão, em Belo Horizonte.
A Colômbia se destacou na primeira rodada da Copa América, com a vitória por 2 a 0 sobre a Argentina, na Fonte Nova, em Salvador. Apesar da vitória, o técnico Carlos Queiroz agiu com muita cautela na entrevista coletiva de ontem (18) à tarde no Morumbi.
O treinador citou o amistoso em que o Brasil venceu a seleção do Catar por 2 a 0. Queiroz disse que depois de fazer dois gols, a seleção brasileira desacelerou e chegou a sofrer um pênalti, que poderia ter sido convertido pelo Catar. ''Isso é uma lição para nós, obrigando a termos atenção para toda partida de campeonato. Teremos pela frente uma equipe que joga bem e é muito perigosa'', avaliou.
O técnico colombiano voltou a mostrar humildade ao se referir ao adversário. ?Tem que respeitar sempre. Entendo bem sobre estarmos na América do Sul e não conhecermos o que se passa na Ásia. Eles lá também não sabem o que se passa na Bolívia e no Paraguai. Quando estamos na Europa ou na América do Sul, pensamos sempre nos grandes, olhamos mais para nós e esquecemos que fora dos nossos países e do continente investem também no futebol?, afirmou.
A campeã recente da Copa da Ásia, a Seleção Nacional do Catar, que participa da Copa América como convidada, empatou na primeira partida com o Paraguai em 2 a 2.
O zagueiro Bassam Al Rawi quer que seus companheiros de seleção do Catar se esqueçam do empate por 2 a 2 contra o Paraguai, na primeira rodada da Copa América, e façam mais uma bela partida contra a Colômbia.
Al Rawi disse que esse ?foi um bom resultado contra o Paraguai, mas é preciso esquecer essa partida. Perdemos muitas chances de marcar. Agora precisamos realizar mais um bom trabalho contra a Colômbia?.
O zagueiro mostrou entusiasmo e confiança para a partida contra a Colômbia. " O jogo contra a Colômbia exigirá um esforço duplo e espero que consigamos ter sucesso e mostrar um nível notável contra uma equipe forte."
Depois do jogo contra o Colômbia, o Catar vai encerrar sua participação na primeira fase da Copa América diante da Argentina, domingo (23) em Porto Alegre.
Argentina e Paraguai fazem o segundo jogo do Grupo B às 21h30, no Mineirão. A Argentina perdeu a primeira partida por 2 a 0 para a Colômbia e tem de vencer o Paraguai para se manter no grupo. O time de Lionel Messi fez mistérios no treino em Belo Horizonte.
O técnico Lionel Scaloni não revelou se haverá modificações na seleção argentina para a segunda partida, devido às críticas que a equipe vem sofrendo após a primeira derrota contra a Colômbia.
A seleção paraguaia já está preparada para a partida contra a Argentina, às 21h30 no Mineirão, em Belo Horizonte. O volante Rodrigo Rojas, que sofreu uma lesão na estreia contra o Catar, está pronto para participar da partida.
No jogo de estreia no último domingo, no estádio do Maracanã, o jogador lesionou o cotovelo esquerdo na tentativa, sem sucesso, de evitar o segundo gol do Catar no empate por 2 a 2 entre os países. Ele não treinou na segunda-feira (17), mas ontem esteve em campo sem qualquer restrição médica.
O treinador Eduardo Berizzo definirá se Roger começará jogando. Quem está de volta ao time é o zagueiro Gustavo Gómez, do Palmeiras, que é o capitão do Paraguai.
COMENTAR| CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia