Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 10 de junho de 2019.
Dia da Língua Portuguesa.

Jornal do Comércio

Esportes

CORRIGIR

copa américa

10/06/2019 - 20h50min. Alterada em 10/06 às 20h50min

Com dores no joelho, Arthur preocupa CBF e será desfalque do treino de terça

Estadão Conteúdo
O volante Arthur será novamente desfalque no treino da seleção brasileira nesta terça-feira, em São Paulo. Com muitas dores após pancada no joelho direito sofrida no domingo, no amistoso contra Honduras, em Porto Alegre, o jogador passou a segunda-feira sob cuidados médicos e ficará por mais um dia longe das atividades no gramado para continuar em tratamento intensivo.
A situação do jogador preocupa a comissão técnica. A situação dele tem sido monitorada pelo médico da CBF, Rodrigo Lasmar, assim como pelos fisioterapeutas da seleção. A presença dele para a abertura da Copa América, na sexta-feira, contra a Bolívia, ainda não está confirmada. A participação no jogo dependerá da evolução de Arthur ao longo dos próximos dias.
O departamento médico da seleção realizou na segunda-feira exames de imagem e detectou a necessidade de manter o volante fora do time por um período maior. Junto com os colegas que também foram titulares no amistoso de domingo, Arthur permaneceu no hotel em São Paulo nesta segunda-feira para realizar trabalhos na academia e não foi ao Pacaembu, onde os reservas realizaram uma atividade.
No domingo, Arthur levou um carrinho do hondurenho Quioto ainda no primeiro tempo e deixou o campo de maca, reclamando de muitas dores no joelho. O lance provocou a expulsão do adversário na partida amistosa. Quem ganhou a chance de entrar no time foi o volante Allan, do Napoli. A atuação dele no amistoso foi bastante elogiada pelo técnico Tite.
Até a estreia na Copa América, na sexta-feira, a seleção terá mais três dias de treinos em São Paulo. Na terça e na quarta a equipe terá trabalhos no estádio do Pacaembu e na quinta, véspera da estreia, vai fazer o reconhecimento do gramado já no Morumbi, local da abertura da competição.
CORRIGIR