Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 11 de junho de 2019.
Dia da Marinha Brasileira.

Jornal do Comércio

Esportes

CORRIGIR

copa américa

10/06/2019 - 18h05min. Alterada em 11/06 às 15h36min

Porto Alegre é a nona cidade brasileira a receber a Copa América na história

Arena do Grêmio, com capacidade de receber 55.662 torcedores, receberá cinco jogos

Arena do Grêmio, com capacidade de receber 55.662 torcedores, receberá cinco jogos


CLAITON DORNELLES /JC
Henrique Riffel
Após 30 anos, a principal competição de seleções da Conmebol retorna ao Brasil e Porto Alegre volta a receber grandes competições no ano de 2019. Na sua 46ª edição, a capital dos gaúchos será, pela primeira vez, palco da Copa América. A Arena do Grêmio será a sede de cinco jogos durante todo o torneio.
O Brasil foi país-anfitrião da Copa América em cinco oportunidades – já contando com esta de 2019. Nas quatro edições anteriores, a Seleção Canarinho sempre finalizou como a campeã.
Na temporada de 1919, o Brasil superou a Argentina, Chile e Uruguai. Todos os eventos foram realizados no Estádio das Laranjeiras – casa do Fluminense Football Club.
Em 1922, o Brasil derrotou os três rivais anteriores mais o Paraguai. Assim, como em 1919, todos os jogos foram nas Laranjeiras, no Rio de Janeiro.
Na edição de 1949, com oito selecionados, o Brasil triunfou diante de Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai. Os argentinos optaram por não participar desta competição. Esta foi a primeira edição brasileira com quatro sedes: São Januário, no Rio de Janeiro; Pacaembu, em São Paulo; Vila Belmiro, em Santos; e Independência, em Belo Horizonte.
Em 1989, diferente das versões anteriores, em que se jogaram em turno único, esta foi a primeira com sistema de grupos e playoffs. Todos os dez membros da Conmebol estiveram presentes na competição. O Serra Dourada, em Goiânia; Fonte Nova, em Salvador; Arruda, no Recife; e Maracanã, no Rio de Janeiro, foram os palcos das partidas.
Agora, em 2019, Porto Alegre entra na lista de cidades-sedes da Copa América. A Arena do Grêmio, com capacidade de receber 55.662 torcedores, receberá cinco jogos. São eles: Venezuela x Peru, no dia 15 de junho; Catar x Argentina, no dia 19 de junho; Uruguai x Japão, no dia 20 de junho; quartas de final no dia 27 de junho; e semifinal no dia 3 de julho.

Chaveamento

GRUPO A GRUPO B GRUPO C
Brasil Argentina Chile
Bolívia Catar Equador
Peru Colômbia Japão
Venezuela Paraguai Uruguai

Edições

ANO SEDE CAMPEÃO
1916 Argentina Uruguai
1917 Uruguai Uruguai
1919 Brasil Brasil
1920 Chile Uruguai
1921 Argentina Argentina
1922 Brasil Brasil
1923 Uruguai Uruguai
1924 Uruguai Uruguai
1925 Argentina Argentina
1926 Chile Uruguai
1927 Peru Argentina
1929 Argentina Argentina
1935 Peru Uruguai
1939 Peru Peru
1941 Chile Argentina
1942 Uruguai Uruguai
1945 Chile Argentina
1946 Argentina Argentina
1947 Equador Argentina
1949 Brasil Brasil
1953 Peru Paraguai
1955 Chile Argentina
1956 Uruguai Uruguai
1959 Argentina Argentina
1959 Equador Uruguai
1963 Bolívia Bolívia
1967 Uruguai Uruguai
1975 Sem sede fixa Peru
1979 Sem sede fixa Paraguai
1983 Sem sede fixa Uruguai
1989 Brasil Brasil
1991 Chile Argentina
1993 Equador Argentina
1995 Uruguai Uruguai
1997 Bolívia Brasil
1999 Paraguai Brasil
2001 Colômbia Colômbia
2004 Peru Brasil
2007 Venezuela Brasil
2011 Argentina Uruguai
2015 Chile Chile
2016 Estados Unidos Chile
CORRIGIR