Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 16 de maio de 2019.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Negócios corporativos

16/05/2019 - 14h59min. Alterada em 16/05 às 16h12min

Grêmio vai comprar a Arena neste ano, anuncia Bolzan

Presidente tricolor informa que clube irá contrair dívida para adquirir o estádio em definitivo ainda em 2019

Presidente tricolor informa que clube irá contrair dívida para adquirir o estádio em definitivo ainda em 2019


CLAITON DORNELLES /JC
Guilherme Kolling
O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior, anunciou nesta quinta-feira (16) que o clube irá comprar a Arena neste ano. A informação foi divulgada durante reunião-almoço da Câmara Brasil-Alemanha, no Hotel Plaza São Rafael. O estádio em Porto Alegre é utilizado pelo Tricolor desde o final de 2012.
Bolzan e o presidente do Internacional, Marcelo Medeiros, palestraram sobre suas experiências na gestão dos principais clubes do futebol gaúcho. O dirigente do Grêmio fez um retrospecto de todas as medidas adotadas para equilibrar as finanças desde 2015. O ideal de gastar apenas o que arrecada passou pela redução da folha de pagamento com um plantel milionário e com o aumento gradual da receita.
O Tricolor saltou de um orçamento de R$ 190 milhões em 2015 para R$ 440 milhões estimados em receitas neste ano. A dívida de curto prazo, que já foi de algumas dezenas de milhões de reais, está zerada. O único débito pendente, de longo prazo, vence em 2020 e é de R$ 9 milhões.
Segundo Bolzan, fora isso, o Grêmio não tem dívidas bancárias. “Mas devemos contrair uma neste ano, porque vamos comprar a Arena”, anunciou, durante sua fala, sendo interrompido por uma salva de palmas, puxada por conselheiros que prestigiaram o evento. A ideia é concluir a negociação com a OAS, proprietária do estádio, ainda neste ano.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia