Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 02 de abril de 2019.
Dia Internacional do Livro Infanto-juvenil.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Tecnologia

Edição impressa de 02/04/2019. Alterada em 02/04 às 03h00min

Presente em 19 partidas, VAR altera dez decisões do apito nos estaduais

Árbitro de vídeo será usado em mais de 40 jogos válidos por regionais

Árbitro de vídeo será usado em mais de 40 jogos válidos por regionais


/LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/DIVULGAÇÃO/JC
Principal novidade no futebol brasileiro deste ano, o árbitro de vídeo (VAR) está bastante atuante nos campeonatos estaduais pelo Brasil. Até agora, 19 partidas de quatro competições - Paulista, Carioca, Mineiro e Gaúcho - já contaram com a tecnologia, que propiciou que dez diferentes lances tivessem a decisão revista pelo árbitro de campo.
O jogo com maior atuação do VAR até agora foi no último sábado, pelo Campeonato Mineiro. Em Varginha, o Boa empatou sem gols contra o Atlético-MG pela primeira semifinal após o Galo ter três lances definidos com o auxílio da tecnologia. Os auxiliares anularam dois gols do time e definiram ainda a expulsão do volante José Welison, após análise do vídeo.
No entanto, o estadual com mais decisões revistas pelo VAR até agora foi no Rio de Janeiro, sendo utilizado nas semifinais e finais tanto da Taça Guanabara como da Taça Rio. Quatro lances tiveram a decisão revista depois dos auxiliares revisarem as imagens da TV.
O Paulistão passou a contar com o árbitro de vídeo nas quartas de final e teve até agora três lances alterados. A tecnologia foi utilizada para referendar outras duas decisões. Na partida entre São Paulo e Ituano, os assistentes confirmaram que não houve pênalti em Everton Felipe. Outro lance foi entre Corinthians e Ferroviária. O árbitro assinalou impedimento de Gustavo e depois confirmou a marcação.
A reta final dos estaduais terá mais jogos com o VAR. Ao todo, a tecnologia estará presente em mais de 40 partidas de dez regionais. Fora as fases finais do Paulistão, Carioca e Mineiro, a tecnologia será utilizada nas decisões do Catarinense, Goiano, Cearense, Paraibano, Baiano e, por fim, no Gaúcho, em que o VAR também já foi utilizado no clássico Grenal, pela primeira fase, e voltará a estar presente na final, caso ambos avancem.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia