Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 04 de fevereiro de 2019.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Campeonato Gaúcho

Edição impressa de 05/02/2019. Alterada em 04/02 às 23h02min

Inter volta a vencer e sobe na tabela

Zagueiro marcou o seu oitavo gol com a camisa colorada

Zagueiro marcou o seu oitavo gol com a camisa colorada


/INTERNACIONAL/DIVULGAÇÃO/JC
Deivison Ávila
Não foi de forma brilhante, mas o Inter venceu o Brasil de Pelotas, ontem, por 1 a 0, interrompendo uma série de três partidas sem vencer no Campeonato Gaúcho. O triunfo no Beira-Rio coloca o Colorado na quinta colocação e dá mais tranquilidade para o técnico Odair Hellmann, que tem uma semana até o jogo com o Juventude, domingo, em Caxias.
A primeira boa chegada dos donos da casa ocorreu aos 13 minutos. Iago cruzou da esquerda e Tréllez surgiu pelo meio, de primeira, forçando o goleiro Carlos Eduardo a fazer uma grande defesa. No lance seguinte, D'Alessandro, de fora da área, acertou a trave. Aos 32, Carlos Eduardo, novamente, salvou saindo nos pés de Edenilson.
O Colorado seguiu pressionando na etapa final e o Brasil, apenas se defendendo. Entretanto, Douglas Baggio quase abriu o placar, mas perdeu um cruzamento. A resposta veio com um chute forte de Nico López, para mais um milagre de Carlos Eduardo. De tanto insistir, o Inter chegou ao gol: aos 30 minutos, D'Ale cobrou falta na barreira, Dourado chutou e Carlos Eduardo soltou nos pés de Moledo, que deu um toque por cima do goleiro. Na sequência, Pedro Lucas não ampliou graças à noite inspirada do camisa 1 xavante.
Internacional 1 x 0 Brasil de Pelotas
Marcelo Lomba; Bruno (Zeca), Moledo, Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado; Nico López, Edenilson, D’Alessandro e Neilton (Sarrafiore); Tréllez (Pedro Lucas). Técnico: Odair Hellmann.
Carlos Eduardo; Ricardo Luz, Leandro Camilo, Heverton e Bruno Santos; Sousa, Leandro Leite, Washington (Boquita); Branquinho, Douglas Baggio; Michel (Ricardo Luz). Técnica: Paulo Roberto Santos.
Árbitro: Leandro Vuaden.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia