Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 07 de dezembro de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Libertadores

Edição impressa de 07/12/2018. Alterada em 07/12 às 01h00min

Finalmente, a final: River e Boca se enfrentam em Madri neste domingo

Santiago Bernabéu deve receber um bom número de argentinos que vivem na Espanha

Santiago Bernabéu deve receber um bom número de argentinos que vivem na Espanha


MLADEN ANTONOV/AFP/JC
Tem quem ainda duvide que a final entre River Plate e Boca Juniors possa ocorrer. Entretanto, os rivais argentinos já estão em Madri, na Espanha, para o confronto que definirá o campeão da Libertadores da América 2018. O palco será a casa do Real Madrid, o Santiago Bernabéu, neste domingo, às 17h30min. O primeiro jogo, dia 11 de novembro, na Bombonera, acabou empatado em 2 a 2.
A partida foi transferida para a capital espanhola por decisão da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) e da Fifa. No dia 24, data do segundo jogo, o ônibus que conduzia a delegação do Boca foi atingido por pedras e gás de pimenta lançados por torcedores do River, ferindo alguns atletas. Depois de muita polêmica e avaliação de datas e locais, a final foi marcada para este domingo. A tendência é de que o Santiago Bernabéu receba um bom público, já que milhares de argentinos vivem na Espanha.
Em Madri desde quarta-feira, o Boca tenta concentrar suas atenções na finalíssima, mas segue insatisfeito por decidir o título longe da América do Sul. Nesta quinta-feira, a Conmebol rejeitou a apelação do clube para que o River seja excluído da final e o título, consequentemente, fique com o time da Bombonera. Com a final confirmada, o técnico Guillermo Schelotto deve mandar uma equipe ofensiva a campo, com Andrada; Buffarini, Izquierdoz, Magallán e Olaza; Barrios, Nández e Pablo Pérez; Pavón (Almendra), Benedetto (Villa) e Ábila.
O River Plate chegou à Espanha somente nesta quinta-feira e já realizou o primeiro treino em solo europeu. O time deve ter Armani; Martínez Quarta (Nacho Fernández), Maidana e Pinola; Montiel, Palacios, Enzo Pérez, Gonzalo Martínez e Casco; Mora (Scocco ou Quintero) e Lucas Pratto.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia