Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 26 de outubro de 2018.
Dia do Trabalhador da Construção Civil. Dia da Democracia.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Fórmula 1

Edição impressa de 26/10/2018. Alterada em 26/10 às 01h00min

Lewis Hamilton a um 7º lugar do pentacampeonato mundial

Piloto inglês pode se igualar ao argentino Juan Manuel Fangio

Piloto inglês pode se igualar ao argentino Juan Manuel Fangio


/KIRILL KUDRYAVTSEV/AFP/JC
Lewis Hamilton está muito perto de conquistar o pentacampeonato da Fórmula 1. Neste domingo, o inglês chega ao GP do México precisando de muito pouco para levar o caneco. Caso Sebastian Vettel vença na Cidade do México, Hamilton precisa, pelo menos, de um 7º lugar. Se o alemão ficar em 2º, o inglês nem precisa completar a prova para comemorar. A corrida tem largada prevista para às 16h10min. Já o treino classificatório ocorre um dia antes, no sábado, às 15h.
Para a decisão ser adiada para o GP do Brasil, em Interlagos, Vettel necessita vencer e o inglês fechar a prova apenas na 8ª colocação. Hamilton tentou até o último instante encerrar a temporada nos EUA, no final de semana passado, mas uma estratégia equivocada da Mercedes colocou a prova nas mãos do finlandês Kimi Raikkonen.
Caso o inglês fature o penta neste domingo, se igualará ao argentino Juan Manuel Fangio, ficando atrás apenas do alemão Michael Schumacher, heptacampeão. Após a prova no Circuito da Américas, Hamilton chegou aos 346 pontos, enquanto Vettel aparece com 276. Dessa forma, mesmo que pareça impossível, a diferença de 70 pontos que separa os dois ainda pode ser tirada pelo piloto da Ferrari. Além da prova mexicana, restam os GPs do Brasil e de Abu Dhabi, para encerrar a temporada de 2018 da Fórmula 1.
Mesmo com a proximidade da conquista de mais um título, Hamilton falou que a categoria precisa de mudanças de regras para proporcionar provas mais competitivas. "Não devia existir uma diferença tão grande entre o primeiro e o último na Fórmula 1, nem uma diferença tão grande de carro para carro", disse. "Basta olhar para a MotoGP onde as corridas e a luta pela vitória são sempre roda com roda a cada curva", acrescentou.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia