Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 25 de outubro de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

notas

Edição impressa de 25/10/2018. Alterada em 25/10 às 01h00min

Notas

Liga dos Campeões - Resultados do fechamento da 3ª rodada, pelo Grupo A: Club Brugge 1x1 Monaco e Borussia Dortmund 4x0 Atlético de Madrid; Grupo B: PSV Eindhoven 2x2 Tottenham e Barcelona 2x0 Inter de Milão; Grupo C: Liverpool 4x0 Estrela Vermelha e PSG 2x2 Napoli; e Grupo D: Galatasaray 0x0 Schalke 04 e Lokomotiv Moscou 0x0 Porto.
Falcão - Visto como o maior jogador de futsal de todos os tempos, o camisa 12 usou as redes sociais para revelar que fará sua última aparição oficial pela seleção brasileira no próximo domingo, diante do Paraguai, em Jaraguá do Sul. Ele defendeu o País por 20 anos, 257 jogos, marcando 399 gols. Falcão conquistou o bicampeonato mundial em 2008 e 2012, além de 11 Grand Prix e cinco edições da Copa América.
Liga dos Campeões da Ásia - Com um bonito gol do atacante brasileiro Serginho, aos 37 minutos do segundo tempo, o time japonês Kashima Antlers empatou em 3 a 3 com o Suwon Bluewings, da Coreia do Sul, e se classificou pela primeira vez na história à final da competição. No primeiro jogo, os japoneses venceram por 3 a 2.
Maracanã - Depois de abrigar o show do músico Roger Waters, ex-vocalista da banda Pink Floyd, na noite de ontem, o estádio passará por uma "operação de guerra" para poder receber no sábado, às 19h, o jogo entre Flamengo e Palmeiras, pelo Brasileirão. A empresa responsável pelo gramado vai trocar até 3 mil m² de grama em menos de 48 horas.
Niki Lauda - Quase três meses depois de ter sido submetido a um transplante de pulmão, o tricampeão de Fórmula 1 teve alta ontem do hospital que estava internado, em Viena, na Áustria. O ex-piloto austríaco, de 69 anos, foi operado no dia 2 de agosto, após ter ficado em estado grave em decorrência de uma infecção.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia