Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 08 de outubro de 2018.
Dia do Nordestino e dia Nacional do Combate a Cartéis. Feriado nos EUA: Columbus Day.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Seleção Brasileira

08/10/2018 - 13h46min. Alterada em 08/10 às 13h46min

Everton, do Grêmio, é cortado da seleção por lesão na coxa

Grêmio entrou em contato com o médico da seleção para confirmar a lesão sofrida pelo atleta

Grêmio entrou em contato com o médico da seleção para confirmar a lesão sofrida pelo atleta


LUCAS UEBEL /GRÊMIO FBPA/ARQUIVO/JC
Estadão Conteúdo
Depois de sofrer uma lesão no músculo posterior da coxa direita no jogo contra o Bahia, no sábado à noite, em Porto Alegre, pelo Campeonato Brasileiro, o atacante Everton, do Grêmio, foi cortado da seleção brasileira nesta segunda-feira (8).
Por meio de nota publicada em seu site oficial, a CBF confirmou a desconvocação do atleta e também revelou que Lucas Moura, do Tottenham, foi chamado pelo técnico Tite como substituto para defender o time nacional nos amistosos contra Arábia Saudita e Argentina, respectivamente na próxima sexta e no dia 16 de outubro, ambos em solo saudita.
A entidade informou que o Grêmio entrou em contato com o médico da seleção, Rodrigo Lasmar, para confirmar a lesão sofrida pelo atleta do clube e que a mesma impossibilitaria a sua preparação para estas partidas contra árabes e argentinos.
Edu Gaspar, coordenador de seleções da CBF, também confirmou que Lucas Moura vai se apresentar ainda nesta segunda a Tite, em Londres. E chamar o jogador acabou sendo uma solução prática, pois a seleção está se preparando para estes dois amistosos justamente no CT do Tottenham.
"O Lucas se apresentará até o horário do jantar (no horário local). Trata-se de um atleta que monitoramos desde quando atuava pelo Paris Saint-Germain e queremos aproveitar esse ciclo de observações", afirmou Edu Gaspar, que também agradeceu ao clube inglês pela rápida liberação do jogador. "Conversamos hoje pela manhã com dirigentes do clube, que entenderam a importância da convocação para o atleta e para a seleção e liberaram o Lucas para os próximos jogos", reforçou.
Sem Everton e agora com Lucas Moura como opção de Tite, o Brasil vai enfrentar a Arábia Saudita às 15 horas (de Brasília) desta sexta-feira, em Riad, capital saudita. Em seguida, no dia 16 de outubro, o confronto diante da Argentina será em Jeddah, também às 15h.
Para estas duas partidas, Tite não chamou nenhum atleta dos quatro clubes que estavam então envolvidos na semifinal da Copa do Brasil (Flamengo, Corinthians, Cruzeiro e Palmeiras). O único clube do País que teve jogador convocado pelo treinador foi o Grêmio, com o goleiro Phelipe, da equipe sub-20 do clube, e Everton.
E o atacante gremista se tornou a segunda baixa da lista de jogadores anunciada por Tite no último dia 21 de setembro. O outro foi o lateral-esquerdo Marcelo, do Real Madrid, cortado após sofrer lesão na panturrilha direita. Para a vaga do jogador, o comandante chamou Filipe Luís, do Atlético de Madrid, na última quinta-feira.
Os jogadores convocados por Tite começaram a se apresentar ao treinador nesta segunda-feira no CT do Tottenham, onde na hora do almoço (em Londres) quase toda a seleção já estava completa. Apenas Fabinho e Roberto Firmino, ambos do Liverpool, e Renato Augusto, que atua no futebol chinês, tinha suas chegadas previstas para o fim da tarde, horas depois de uma atividade iniciada às 12 horas (de Brasília). A seleção fará três treinos na Inglaterra antes de embarcar para a Arábia Saudita.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia