Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 05 de agosto de 2018.
Dia Nacional da Saúde/ Farmácia .

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Campeonato Brasileiro

Alterada em 05/08 às 19h09min

Ceará vence fora de casa e deixa Paraná em último no Brasileirão

O Ceará deixou a lanterna do Campeonato Brasileiro depois de oito rodadas. Na tarde deste domingo (5), em um confronto direto contra o rebaixamento, o time venceu o Paraná por 1 a 0, no Durival de Britto, em Curitiba, pela 17ª etapa da competição.
A segunda vitória seguida fez o Ceará chegar aos 14 pontos e subir para a 19ª colocação, deixando para trás o próprio Paraná, que amargou a terceira derrota seguida e agora é o novo lanterna. O técnico Rogério Micale foi alvo de críticas da torcida e balança no cargo.
Como já era esperado, o Paraná fez uma "blitz" no Ceará nos primeiros minutos e exigiu boa defesa de Everson em falta cobrada por Torito González. No entanto, o time cearense foi quem abriu o placar. Aos 15 minutos, Juninho Quixadá recebeu de Richardson e bateu colocado no canto direito de Richard.
O Paraná sentiu o gol e passou a errar muitos passes. Nas arquibancadas, a torcida dava os primeiros sinais de insatisfação. Ainda assim, o empate quase saiu em finalização de Nadson, defendida por Everson, que trabalhou também em chute rasteiro de Silvinho.
O segundo tempo foi de ataque do Paraná contra a defesa do Ceará. Logo no primeiro minuto, Rafael Grampola ajeitou de cabeça e Rayan, dentro da pequena área, bateu por cima. Na sequência, Maicosuel fez grande jogada individual, invadiu a área e bateu na saída de Everson. A bola caprichosamente saiu pela linha de fundo.
Nos minutos finais, o Paraná se lançou ao ataque mesmo que de maneira desorganizada. Alex Santana arriscou de longe e a bola passou raspando a trave. Os mandantes reclamaram ainda de um pênalti não marcado de Tiago Alves em Rafael Grampola.
O Paraná volta a campo no próximo domingo, contra o Botafogo, às 11 horas, em casa. No sábado, o Ceará recebe o Atlético-PR, às 16 horas, no Presidente Vargas, em Fortaleza. Os jogos são válidos pela penúltima rodada do primeiro turno.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia