Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 06 de junho de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato brasileiro

Alterada em 06/06 às 23h34min

Sport vence em casa, encosta no líder e manda Atlético-PR à zona de rebaixamento

Guilherme Kolling, Guilherme Kolling, Guilherme Kolling, Guilherme Kolling, Agência Estado
Com um golaço de Fellipe Bastos quase do meio de campo, o Sport empurrou o Atlético Paranaense para a zona de rebaixamento e de quebra encostou no líder do Campeonato Brasileiro ao vencer por 1 a 0, nesta quarta-feira, no estádio da Ilha do Retiro, no Recife, pela 10.ª rodada.
Invicto há cinco jogos, o Sport chegou aos 18 pontos e encostou no Flamengo, que tem um ponto a mais e entra em campo nesta quinta-feira, contra o Fluminense. Por outro lado, o Atlético Paranaense estacionou nos nove e entrou na zona de rebaixamento, caindo para o 17.º lugar. O resultado deixa o técnico Fernando Diniz na corda bamba.
Do outro lado, o técnico Claudinei Oliveira precisou mudar o time em cima da hora depois que foi comunicado da venda do volante Anselmo para o Al Wheda, da Arábia Saudita. O jogador estava na concentração e foi substituído por Evandro. Assim, Deivid voltou para o meio de campo.
O primeiro tempo no estádio da Ilha do Retiro deixou muito a desejar. O Atlético Paranaense rodava a bola de um lado para o outro, mas não levava perigo ao gol defendido pelo goleiro Magrão. Já o Sport assustou apenas em chutes de fora da área. Na melhor oportunidade, Fellipe Bastos finalizou rasteiro na rede pelo lado de fora. O arqueiro Santos só observou.
Logo no primeiro minuto do segundo tempo, Fellipe Bastos soltou a bomba de muito longe e a bola entrou no ângulo de Santos, que não teve reação. Na frente do placar, o Sport recuou e chamou o Atlético Paranaense para cima. O time de Fernando Diniz, porém, abusava das bolas alçadas na área.
E foi assim que o empate quase veio aos 38 minutos. Carleto cobrou falta na primeira trave, Pablo desviou de cabeça e Magrão fez grande defesa. Nos acréscimos, o goleiro segurou falta cobrada pelo lateral-esquerdo do Atlético Paranaense.
Os dois times voltam a campo neste sábado, pela 11.ª rodada. O Sport enfrenta o Vasco, às 19 horas, no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, enquanto que o Atlético Paranaense recebe o São Paulo, às 16 horas, na Arena da Baixada, em Curitiba.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia