Porto Alegre, quarta-feira, 29 de agosto de 2018.
Dia Nacional do Combate ao Fumo.

Jornal do Comércio

COMENTAR | CORRIGIR

EXPONOTAS

Notícia da edição impressa de 29/08/2018. Alterada em 28/08 às 00h00min

Entidades discutem propostas para desenvolvimento da logística gaúcha

Entidades representativas dos setores produtivos do Estado e empresários estiveram reunidos na Casa da Farsul, no Parque Assis Brasil, ontem, para discutir os desafios de logística para o escoamento da produção do Estado. As entidades discutiram propostas a serem levadas ao poder público para viabilizar o desenvolvimento dos principais modais de transporte.

Sobre a questão das ferrovias, o grupo discutiu o fato de que apenas 1.823 km da malha gaúcha está apta, em um universo de 3.259 km de trilhos existentes. Desta forma, apenas 6% das cargas são movimentadas por este modal. Na reunião, foi discutido o apoio a um documento a ser encaminhado ao governo federal, que pede a revisão dos planos de prorrogação da concessão de exploração ferroviária que está atualmente com a Rumo Logística, tendo em vista que a empresa tem promovido a desativação de ramais, cortando inclusive as ligações com o Mercosul.

Também foram discutidas as propostas do Hidrovias RS, grupo que estimula o desenvolvimento deste modelo de transporte. O grupo incentiva a mobilização de esforços dos setores público e privado para a atração de empreendimentos no entorno dos rios navegáveis, para assim viabilizar este modal. Também é solicitado um modelo de serviço de dragagem que possibilite a navegação segura destes canais. 

Em relação às rodovias, foi discutido o prejuízo em função da falta de duplicação de estradas federais e demora para a finalização de obras já em execução, como por exemplo a BR-116. Os problemas seriam decorrentes do impacto do aumento nos custos da matéria-prima.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia