Porto Alegre, quarta-feira, 27 de outubro de 2021.
Porto Alegre,
quarta-feira, 27 de outubro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 27/10/2021 às 11h34min.

Porto Alegre autoriza segunda dose da Pfizer para quem tomou vacina da AstraZeneca

Cerca 15 mil pessoas estão aptas a receber a segunda dose esta semana na cidade

Cerca 15 mil pessoas estão aptas a receber a segunda dose esta semana na cidade


ROBYN BECK/AFP/JC
A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Porto Alegre irá autorizar, a partir desta quarta-feira (27) que pessoas vacinadas com a primeira dose da vacina da AstraZeneca e que já estejam aptas a completar o esquema vacinal recebam a segunda dose do imunizante da Pfizer.
A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Porto Alegre irá autorizar, a partir desta quarta-feira (27) que pessoas vacinadas com a primeira dose da vacina da AstraZeneca e que já estejam aptas a completar o esquema vacinal recebam a segunda dose do imunizante da Pfizer.
Conforme a SMS, a medida leva em conta o Informe Técnico nº 17/2021 da Secretaria Estadual de Saúde (SES-RS), divulgado na terça-feira (26), que permite a intercambialidade de doses de imunizantes diferentes. O baixo estoque de vacinas da AstraZeneca também motivou a decisão.
A prefeitura da Capital estima que cerca 15 mil pessoas estejam aptas a receber a segunda dose de AstraZeneca esta semana na cidade. “A transição irá ocorrer gradualmente, conforme forem acabando as doses nos pontos de imunização”, explica a diretora da Atenção Primária à Saúde, Caroline Schirmer.
O intervalo entre as doses da AstraZeneca e da Pfizer é de oito semanas. Assim, quem recebeu a primeira dose até 1 de setembro já pode buscar um dos locais de vacinação da Capital. Já a vacina Coronavac está disponível para pessoas vacinadas até 29 de setembro (28 dias). Para receber a segunda dose, é necessário apresentar documento de identidade e carteira de vacinação com o registro das duas doses.
A intercambialidade de imunizantes não está autorizada para quem recebeu aw primeira dose das vacinas Coronavac e Pfizer, devendo estes completar o esquema vacinal com o imunizante da mesma fabricante.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO