Porto Alegre, segunda-feira, 13 de setembro de 2021.
Porto Alegre,
segunda-feira, 13 de setembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Vacina

- Publicada em 16h58min, 13/09/2021.

Queiroga diz que intervalo entre doses da AstraZeneca será diminuído

Apesar das mudanças nos intervalos, os critérios adotados ainda diferem das recomendações das fabricantes

Apesar das mudanças nos intervalos, os critérios adotados ainda diferem das recomendações das fabricantes


Walterson Rosa/MS/JC
Apesar da dificuldade em se encontrar vacinas de AstraZeneca em todo o País, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou nesta segunda-feira (13) que o intervalo entre doses do imunizante será diminuído de 12 para 8 semanas a partir do próximo dia 15.
Apesar da dificuldade em se encontrar vacinas de AstraZeneca em todo o País, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou nesta segunda-feira (13) que o intervalo entre doses do imunizante será diminuído de 12 para 8 semanas a partir do próximo dia 15.
A redução do intervalo da Pfizer a partir de setembro já havia sido anunciado por Queiroga no mês passado. Já a Coronavac tem intervalo menor, de 28 dias, e a da Janssen é de dose única.
Apesar das mudanças nos intervalos, os critérios adotados ainda diferem das recomendações das fabricantes. A Pfizer recomenda intervalo de 21 dias entre as doses e a AstraZeneca, de 12 semanas, como acontece hoje.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário