Porto Alegre, quarta-feira, 21 de julho de 2021.
Porto Alegre,
quarta-feira, 21 de julho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 17h18min, 21/07/2021. Atualizada em 17h29min, 21/07/2021.

Porto Alegre vacina adolescentes com comorbidades de 15 anos ou mais a partir de quinta-feira

Para vacinar adolescentes, Capital recebeu 4.452 doses da Pfizer/Comirnaty, único imunizante autorizado para aplicação no grupo pela Anvisa

Para vacinar adolescentes, Capital recebeu 4.452 doses da Pfizer/Comirnaty, único imunizante autorizado para aplicação no grupo pela Anvisa


JACK GUEZ/AFP/JC
Porto Alegre dará início nesta quinta-feira (22) à vacinação contra a Covid-19 em adolescentes com comorbidades com 15 anos de idade ou mais. Na sexta-feira (23), a imunização será aberta para o público com 12 anos ou mais. Para receber a vacina, além do documento de identidade, é preciso apresentar um comprovante da comorbidade, que pode ser receita médica, laudo de exame, laudo ou relatório médico etc, e comprovante de residência em Porto Alegre que poderá ser no nome dos pais ou responsáveis. Também é possível apresentar uma declaração de próprio punho do proprietário da casa, afirmando que o adolescente mora junto na residência, além de um comprovante de residência em nome do proprietário, como conta de água ou luz.
Porto Alegre dará início nesta quinta-feira (22) à vacinação contra a Covid-19 em adolescentes com comorbidades com 15 anos de idade ou mais. Na sexta-feira (23), a imunização será aberta para o público com 12 anos ou mais. Para receber a vacina, além do documento de identidade, é preciso apresentar um comprovante da comorbidade, que pode ser receita médica, laudo de exame, laudo ou relatório médico etc, e comprovante de residência em Porto Alegre que poderá ser no nome dos pais ou responsáveis. Também é possível apresentar uma declaração de próprio punho do proprietário da casa, afirmando que o adolescente mora junto na residência, além de um comprovante de residência em nome do proprietário, como conta de água ou luz.
As comorbidades contempladas nesta fase de vacinação são obesidade grave, pneumopatias crônicas graves, imunodeprimidos, hemoglobinopatia grave, doença cardiovascular, doença neurológica crônica e diabete Mellitus. A descrição de cada comorbidade e os documentos necessários podem ser vistos neste link.
A vacina para estes grupos estará disponível em seis unidades de saúde da Capital, das 8h às 17h:
  • Bananeiras - Av. Coronel Aparício Borges, 2494 - Bairro Coronel Aparício Borges
  • Macedônia - Av Macedônia, 750 - Bairro Restinga
  • Primeiro de Maio - Av. Professor Oscar Pereira, 6199 - Bairro Cascata
  • Rubem Berta - Rua Wolfram Metzler, 675 - Bairro Rubem Berta
  • Santo Alfredo - Rua Santo Alfredo, 37 - Bairro Partenon
  • Tristeza - Av. Wenceslau Escobar, 2442 - Bairro Tristeza
A capital recebeu 46.237 doses de vacinas contra a Covid-19, com 4.452 doses da Pfizer/Comirnaty destinadas à imunização de adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades, pois é o único imunizante contra a Covid-19 autorizado para aplicação no grupo pela Anvisa. A priorização deste público na campanha de vacinação foi definida em reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) na terça-feira (20).
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário