Porto Alegre, sábado, 19 de junho de 2021.
Dia do Cinema Brasileiro.
Porto Alegre,
sábado, 19 de junho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Vacinação

- Publicada em 14h28min, 19/06/2021. Atualizada em 19h25min, 19/06/2021.

Mutirão de 2ª dose da Coronavac imuniza 3.750 pessoas em Porto Alegre

UBS Glória registrou alta procura pelo começo da manhã, normalizando ao longo do dia

UBS Glória registrou alta procura pelo começo da manhã, normalizando ao longo do dia


MARIANA ALVES/JC
Atualizado às 19h25min
Atualizado às 19h25min
O mutirão de vacinação com a segunda dose da Coronavac imunizou um total de 3.750 pessoas neste sábado (19) em Porto Alegre. Foram sete locais de aplicação. Segundo a Secretaria Municipal da Saúde de Porto Alegre (SMS), o movimento foi tranquilo ao longo do dia. Nas quatro unidades de saúde que abriram até as 15h, foram aplicadas 1.740 doses. Nos três drive-thrus, foram mais 2.010 doses, e a aplicação das vacinas se estendeu até 17h.
Na abertura da vacinação na UBS Glória, a fila chegou a quase 100 metros de comprimento. Para reduzir a fila, a unidade aumentou o número de vacinadores para cinco. De acordo com os funcionários do local, o ritmo de vacinação está ágil com o aumento da equipe, e a procura está estabilizada, com a maior parte do público se liberando em minutos.
Neste domingo (20), o foco é na distribuição da primeira e segunda doses da vacina Astrazeneca/Oxford. O público pode se dirigir à unidade móvel da Secretaria Municipal da Saúde na Escola Educação Infantil Portal Encantado, na rua Jaime Lino dos Santos 604, bairro Lomba do Pinheiro. Poderão receber a vacina pessoas sem comorbidades com 51 anos ou mais, trabalhadores da educação no ensino superior, pessoas com deficiência permanente e comorbidades a partir de 18 anos e profissionais da educação infantil, fundamental e médio do ensino municipal, estadual e rede privada e profissionalizante da rede estadual. Estão aptos para a segunda dose pessoas que receberam a primeira dose de Astrazeneca/Oxford há mais de 12 semanas.
Carlos Villela, com agências
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário