Porto Alegre, sexta-feira, 09 de abril de 2021.
Dia Nacional do Aço.
Porto Alegre,
sexta-feira, 09 de abril de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 12h24min, 09/04/2021.

Coronavírus: Cenário em Porto Alegre é o melhor desde a primeira semana de março

Conceição apresenta a maior lotação na UTI entre os hospitais da Capital

Conceição apresenta a maior lotação na UTI entre os hospitais da Capital


MARIANA ALVES/JC
Juliano Tatsch
A pandemia do novo coronavírus segue com números altíssimos em Porto Alegre, seja de internações, seja de novos óbitos ou de novos casos de contaminação. No entanto, o quadro atual na cidade no que diz respeito às hospitalizações de pacientes em estado grave é o melhor desde a primeira semana de março. O quadro acompanha a melhora observada no Rio Grande do Sul como um todo.
A pandemia do novo coronavírus segue com números altíssimos em Porto Alegre, seja de internações, seja de novos óbitos ou de novos casos de contaminação. No entanto, o quadro atual na cidade no que diz respeito às hospitalizações de pacientes em estado grave é o melhor desde a primeira semana de março. O quadro acompanha a melhora observada no Rio Grande do Sul como um todo.
A capital gaúcha tem na manhã desta sexta-feira (9) um total de 710 pessoas internadas em leitos de Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) com diagnóstico confirmado de contaminação pelo novo coronavírus. O número se assemelha ao registrado nos últimos dias da primeira semana do mês de março.
A cidade apresentou no dia 25 de março o recorde de 870 pessoas internadas simultaneamente em UTIs em razão da Covid-19. A partir dali, o número começou a cair, chegando a 699 hospitalizados com a doença no dia 6 de abril. A quantidade voltou a subir nos dias 7 e 8, para cair novamente neste dia 9.
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/04/09/206x137/1_utis_poa-9287041.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'60706c7f57d96', 'cd_midia':9287041, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/04/09/utis_poa-9287041.jpg', 'ds_midia': 'Ocupação UTIs POA', 'ds_midia_credi': 'Arte/JC', 'ds_midia_titlo': 'Ocupação UTIs POA', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '628', 'align': 'Left'}
O Hospital Nossa Senhora da Conceição apresenta a maior lotação do setor de UTI entre os 18 hospitais da Capital, com 142,37% de superlotação – 84 pacientes para 59 leitos. Aso todo, 10 hospitais da cidade estão com lotação igual ou superior a 100%.
Apesar da melhor, o cenário continua crítico. Nesta sexta-feira, 100 pessoas aguardavam na fila por uma vaga em uma UTI – 93 em emergências hospitalares e 7 em Pronto-Atendimentos.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário