Porto Alegre, sexta-feira, 02 de abril de 2021.
Dia Internacional do Livro Infanto-juvenil.
Porto Alegre,
sexta-feira, 02 de abril de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 14h49min, 02/04/2021.

Rio Grande do Sul atinge 858 mil casos de Covid-19

Taxa de ocupação de leitos de UTI em geral é de 97,8%

Taxa de ocupação de leitos de UTI em geral é de 97,8%


MIGUEL SCHINCARIOL/AFP/JC
Com mais 171 mortes divulgadas nessa sexta-feira (2) pela Secretaria Estadual da Saúde (SES), o Rio Grande do Sul atingiu o patamar de 20.234 pessoas mortas devido à Covid-19. Foram ainda confirmados 7.835 novos casos, somando o número de 858 mil ocorrências.
Com mais 171 mortes divulgadas nessa sexta-feira (2) pela Secretaria Estadual da Saúde (SES), o Rio Grande do Sul atingiu o patamar de 20.234 pessoas mortas devido à Covid-19. Foram ainda confirmados 7.835 novos casos, somando o número de 858 mil ocorrências.
Segundo a pasta, são 816.887 pacientes recuperados (95% do total infectado) e 20.808 (2%) em acompanhamento. A taxa de ocupação de leitos de UTIs gaúchas em geral é de 97,8%, o que significa 3.314 pacientes em 3.387 leitos. Quanto a hospitalizações devido ao coronavírus, foram registradas 62.246.
Até às 14h35min dessa sexta-feira, o monitoramento das UTIs de Porto Alegre, realizado pela Secretaria Municipal de Saúde, indicava 761 pacientes com casos de Covid confirmados e ocupando leitos de UTIs. A soma de casos suspeitos e confirmados de coronavírus, com pessoas necessitando de UTI ou já nesses leitos, somava 942 pessoas. A lotação dos leitos disponíveis em Porto Alegre registrava o indicador de 106.37%. Os hospitais que não estavam com 100% ou mais de suas capacidades comprometidas, mas também operavam em níveis elevados de ocupação, eram o Clínicas, Instituto de Cardiologia, Santa Casa, Mãe de Deus, Hospital Porto Alegre, Vila Nova, Pronto Socorro e Beneficência Portuguesa.
Comentários CORRIGIR TEXTO